Soluções Integradas para a Cadeia Produtiva do Leite e da Carne

Cochos para bovinos: medidas e recomendações

Julliano Percinoto Pompei

O cocho de suplementação mineral é, sem dúvida alguma, uma importante ferramenta para alimentação dos bovinos. Devemos encará-lo como o “prato” dos animais. Ele deve ser de fácil acesso, estar bem instalado, evitando assim o empoçamento de água ou mesmo acidentes com pontas de pregos, altura da cobertura, etc.

O cocho dos bovinos deve ter, preferencialmente, cobertura, evitando assim que chuvas e/ou orvalhos estrague ou mesmo diminua a qualidade dos produtos ali colocados; tenha também proteção lateral impedindo a entrada de chuvas com vento, que são as mais responsáveis por molhar os suplementos minerais; se possível, ter próximo ou junto a ele um depósito que possa abrigar uma pequena quantidade de sacos, facilitando assim a reposição dos minerais, além de agilizar e facilitar os trabalhos dos campeiros responsáveis por seu abastecimento.

A altura: a borda superior do cocho deve estar aproximadamente com 40 centímetros do solo, possibilitando o acesso de todas as categorias. Já o comprimento deve ser ajustado de acordo com o produto (suplemento mineral, proteinado, energético ou ração) que proporcionarão consumos diferentes, fazendo com que os animais permaneçam mais tempo no cocho de sal.

Nem sempre é possível mudar a localização ou mesmo a altura do cocho em relação ao lote de animais com o qual iremos trabalhar, mas mudamos com frequência a idade, tamanho e até mesmo o sexo dos animais em um determinado lote ou mesmo piquete. Então, se posicionarmos os cochos no local correto e estabelecermos uma altura de 40 centímetros, atingiremos todas as fases e idades dos animais. O que muitas vezes recomendamos é ter à disposição cochos móveis para, assim, aumentar ou diminuir sua metragem linear quando trabalhamos com diferentes números de cabeças por lote.

Cochos não cobertos também podem ser utilizados. Estimo que 90% dos cochos de suplemento mineral de nosso País sejam ou estejam descobertos e funcionam muito bem. Porém, temos que lembrar que nessa situação devemos aumentar a frequência na reposição, ao invés de realiza-la uma única vez por semana. É indicado que se faça a reposição duas ou três vezes durante a semana, evitando assim perdas excessivas com prováveis pancadas de chuvas, por exemplo.

A localização é tão importante quanto o cocho em si, pois os animais sempre preferem permanecer próximo à fonte de água e dos pastos de boa qualidade. Os bovinos podem andar durante horas e dias atrás de água, mas não andarão muito tempo em busca de sal mineral. Portanto, devemos colocar os cochos de suplemento mineral sempre próximos à fonte d’água, estabelecendo como regra uma metragem máxima de 500 metros de distância, lembrando sempre que o ideal é, quanto mais próximo da água melhor para os animais, uma vez que a ingestão de matéria seca (pasto) é favorecida por uma boa ingestão de água e o suplemento mineral estimula os animais a beberem mais água.

A localização é tão importante quanto o cocho em si, pois os animais sempre preferem permanecer próximo à fonte de água e dos pastos de boa qualidade.

Deve haver ainda uma distância mínima entre um cocho e outro. Para tentarmos quebrar um pouco o efeito negativo dos dominantes em cima dos dominados de um determinado lote, devemos “picotar” dos cochos quanto possível, mantendo uma metragem de cinco em cinco metros, formando um verdadeiro ziguezague.

Em regiões pantaneiras devemos respeitar a mãe natureza, posicionando os cochos de suplemento mineral nas épocas das águas em locais mais altos, proporcionando o acesso dos animais e a reposição do suplemento mineral de uma forma constante e regular.

Cochos privativos para bezerros lactantes ou também conhecidos como Creep-Feeding são uma excelente ferramenta de trabalho para quem visa melhores resultados na produção, recria/engorda ou mesmo comercialização de bezerros. A construção desse cocho privativo é muito fácil e simples de ser confeccionado. Podemos aproveitar o material que temos na própria fazenda, como lascas e caibros de madeiras, arames ou mesmo canos de ferro. A regra é montar um cercado ao redor de um segundo cocho, ao qual será destinado apenas para os bezerros. Esse cercado deve permitir a entrada, com facilidade, de bezerros que estão ao pé das vacas e ao mesmo tempo impedir a entrada de suas respectivas mães.

Medidas: como mostrado na figura acima, esse cercado deve estar a aproximadamente três metros de distância do cocho e ter uma altura limite de aproximadamente 90 centímetros em relação ao solo. Além dessa barreira recomenda-se, acima dela, ter mais uma ou duas fileiras de arame liso impedindo que animais adultos tentem pular esse cercado.

Julliano Percinoto Pompei é médico veterinário do Departamento Técnico de Nutrição Animal do Grupo Matsuda

Compartilhe :

6 Comentários

  1. Antes de mais nada agradeço as informações contidas no testgo em tela.
    Gostaria de saber das dimensões do cocho tais como: cobertuta – alturas e larguras, altura do fundo do cocho em relação ao piso e comprimento ideal condirando que a cobertura será em telhas em fibrocimento.
    Grato,
    Márcio Machado

  2. Juliano
    Que coincidência vc também é Pompei, por favor entre em contato comigo
    Cel: 32-88662828.
    Resido em Muriaé meu bisavo Telemaco Coriolano Pompei veio da Itália junto com seu irmão que não localizamos até hoje.
    Meu pai tabem tem o nome T C Pompei.
    Será um prazer conversar contigo. parabéns pelo projeto.
    Claudio Pompei

  3. Bom dia, gostria de parabenizar pelo projeto e ao mesmo tempo informar que construimos bebedouros e reservatorio em concreo armado, talvez algum cliente que precise, estaremos a disposição.

    Abraços

    Irone Junior

  4. Juliano

    Tenho um sítio de 10 hectares estou construindo cochos cobertos e pretendo implantar bicas no telhado para coletar água da chuva para usar no bebedouro do gado minha região sul da Bahia chove bem.
    Sei que minha área é mais recomendada para o bovino de leite mas sou apaixonado pelo tabapuã gado de corte.

    Sucesso cara.

  5. gostaria as dimecoes do cocho altura e lacura

  6. ola, vc poderia informar da mesma maneira que descreveu a construçao do c ocho convencional, so que com cobertura da agua invertida.

    agradeço osmar

Deixe um comentário

LEIA OUTRAS MATÉRIAS

PARCEIROS