• Conjuntura
  • A SALVAÇÃO DA PECUÁRIA

    19/05/2022
    Ter uma fazenda lucrativa só depende de você; existem quatro pontos que separam uma propriedade lucrativa de verdade, de outra propriedade “comum”

    Existem quatro pontos que separam uma propriedade lucrativa de verdade, de outra propriedade “comum”. Dia após dia, as margens estão encurtando para o pecuarista. Entenda como contornar esse cenário. Num mercado equilibrado, o valor de comercialização tende a buscar a média dos custos de produção.

    O que isso quer dizer?

    Quem é eficiente para produzir, consegue um custo menor. E com isso termina o ciclo com lucro. Quem não busca eficiência, acaba com custo mais alto, e com isso, empata ou perde dinheiro na atividade.

    Esse breve texto tem alguma coisa a ver com o cenário da pecuária atual?

    SIM!

    Todo mundo ficou feliz quando viu a arroba se desprender da casa dos 150 reais e mirar, em poucos meses, 300 reais. Parecia ser a grande virada para o produtor rural. O momento de colocar investimentos na fazenda e lucrar de verdade.

    E em menos de um ano, veio um balde de água fria. Todos os custos dobraram. O trator novo, que você precisa pra reformar áreas de pastagem, triplicou de preço. Por falar em pastagem, a semente quadruplicou de preço. Parece ser até uma conspiração contra o produtor rural para que ele não lucre.

    Você percebeu esse aumento de custos na sua propriedade? Vamos entender como e por quê ele acontece.

    Eu tenho duas notícias pra você: uma boa e uma melhor ainda.

    A Boa: Não existe teoria da conspiração. Isso se chama livre mercado. A atividade pecuária está entrando em equilíbrio. Para isso, uma situação de lucro “super normal” precisa sair de cena. Nessa situação, as margens do negócio estão muito atrativas e trazem investidores para a atividade. Esses novos produtores saturam o mercado e começa a haver uma situação de lucro normal, que é o mercado em equilíbrio. Margens boas, mas que não permitem deslizes.

    A Melhor Notícia do Ano: Ter uma fazenda lucrativa nesse cenário só depende de você. Existem quatro pontos que separam uma propriedade lucrativa de verdade, de outra propriedade “comum”. Acompanhe:

    1 – Atividades Planejadas

    Se você tem aquela sensação de estar o tempo todo “apagando fogo” dentro da propriedade, eu preciso te dizer: SEU PLANEJAMENTO PRECISA MELHORAR.

    Fazer atividades com um planejamento prévio dará a garantia de que essas atividades alinhem 2 pontos extremamente importantes para um bom resultado:

    • Serão feitas pela pessoa mais adequada; e
    • Contarão com os insumos de melhor custo x benefício.

    POR SI SÓ, ESSES DOIS PONTOS COLOCAM 80% DO SUCESSO DA ATIVIDADE NA SUA MÃO.

    2 – Orçamento Respeitado

    Logo após o planejamento, é necessário montar uma planilha de custos para que você possa antecipar o seu fluxo de caixa. Saber em que momento do ano – ou da safra – você precisará de dinheiro.

    Para montar um orçamento da fazenda, você precisará levar em consideração algumas premissas:

    • Planejamento: Quanto e quando você precisará do produto/serviço?
    • Momento Certo: Quais meses essa compra é melhor?
    • Histórico: Quanto você gastou nessa atividade nos últimos anos?
    • Mercado: Quais são as previsões desses preços?

    Um orçamento, basicamente, é uma trilha por onde você conduzirá a fazenda. Não quer dizer que o lucro é garantido, porém as fazendas mais lucrativas, andam por essa trilha.

    3 – Cronograma Atendido

    A maioria das atividades possui um melhor momento para serem realizadas. Fugir desse melhor momento pode implicar tanto em custos maiores como em receitas menores – ambos comendo o seu lucro.

    Parece óbvio e simples. Porém o fato é que grande parte das atividades das fazendas são entregues com atraso.

    4 – Resultado Esperado

    Nadar e morrer na praia não é lá das coisas mais interessantes, principalmente quando estamos falando de negócios.

    O objetivo do trabalho é alcançar um resultado. Mensurar, acompanhar e certificar de que esse resultado foi alcançado garante que os processos das fazendas sejam melhorados ciclo após ciclo.

    Essa melhoria leva, a médio e longo prazo, a uma pecuária cada vez mais consistente.

    Pronto!

    Ao chegarmos em uma propriedade, o primeiro passo é um diagnóstico da condição atual da fazenda.

    Nesse diagnóstico, incluímos a análise desses quatro pontos. E para nossa surpresa, conseguimos identificar um padrão gerador de lucro dentro das propriedades rurais.

    Quanto mais a fazenda respeita esses quatro itens, maior é a lucratividade da propriedade. Daí, nasceu nosso lema: Comprar bem Comprado, Usar Bem Usado e Vender Bem Vendido.

    Murillo Martins é autor do Pecuária de Resultado. O curso é um sistema diferente de tudo o que você já viu. Já são 25 aulas de 30 minutos, e toda semana há conteúdo novo. Você poderá acompanhar ao vivo e participar com dúvidas específicas da sua propriedade. 

     

    Fonte: Compre Rural

    Curadoria: Boi a Pasto

     



  • MANEJO EFICIENTE DA PASTAGEM AJUDA NA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE

  • Para acessar mercado premium e que melhor remunera com a criação a pasto, é preciso planejamento, animais de boa genética e principalmente escolher cultivares com alto valor nutritivo para alimentação

    + leia mais
  • Pantanal tem 14 cidades em emergência, mais incêndios e mortes de animais no MS

  • Região vive período de forte estiagem, o que motivou o decreto de emergência por parte do governo local

    + leia mais
  • Pasto rotacionado: sobrou capim? Saiba por que isso é um ótimo sinal

  • Confira as novas dicas do doutor em zootecnia Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador do Polo Regional de Alta Mogiana da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)

    + leia mais


  • Criação de sites