• Conjuntura
  • Aprosoja MT apoia campanha contra taxação da energia solar

    11/03/2021
    O assunto ganha destaque no setor de soja devido à oportunidade de geração de energia limpa no meio rural
    Aprosoja MT apoia campanha contra taxação da energia solar
     
    Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) apoia a campanha iniciada por setores da sociedade civil contra a taxação da energia solar. Tramita na Câmara Federal o Projeto de Lei 5829/2019, de autoria do deputado federal Silas Câmara (Republicanos/AM), além de diversas iniciativas sobre o tema no Congresso Nacional.
     
    A taxação de energia solar produzida em propriedades rurais ganha destaque no setor de soja devido à oportunidade de geração de energia limpa no meio rural, seja para consumo residencial ou para o funcionamento de silos e equipamentos.
     
    De acordo com o presidente da Aprosoja, Fernando Cadore, centenas de produtores sofrem com o fornecimento de energia elétrica no meio rural e acabam tendo sua produtividade comprometida. “É preciso investimentos em microgeração de energia solar para que o homem do campo possa garantir sua produção sem interrupção, além da obtenção de energia limpa no meio rural. Necessitamos de apoio e incentivos ao setor, não de taxações que poderão impedir ou desestimular o produtor rural”, declarou.
     
    Diversas instituições já demonstraram preocupação ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e aos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, diante de uma eventual aprovação de propostas desta natureza e da necessidade de estimular micro geradoras no meio rural.


  • MANEJO EFICIENTE DA PASTAGEM AJUDA NA PRODUÇÃO DE CARNE DE QUALIDADE

  • Para acessar mercado premium e que melhor remunera com a criação a pasto, é preciso planejamento, animais de boa genética e principalmente escolher cultivares com alto valor nutritivo para alimentação

    + leia mais
  • Pantanal tem 14 cidades em emergência, mais incêndios e mortes de animais no MS

  • Região vive período de forte estiagem, o que motivou o decreto de emergência por parte do governo local

    + leia mais
  • Pasto rotacionado: sobrou capim? Saiba por que isso é um ótimo sinal

  • Confira as novas dicas do doutor em zootecnia Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador do Polo Regional de Alta Mogiana da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA)

    + leia mais


  • Criação de sites