• Notícias
  • "Caminhos da Genética será um dos destaques da InterCorte São Paulo

    10/10/2017
    Iniciativa é um desdobramento do projeto "Caminho do Boi", que a cada edição da InterCorte SP aprofundará uma das estações, começando pela genética

    "Caminhos da Genética" é uma extensão do projeto Caminho do Boi. Foto: Divulgação

    Uma das novidades da InterCorte São Paulo, evento que encerra o circuito itinerante que vem percorrendo alguns dos principais polos de produção pecuária do Brasil, e que será de 15 a 17 de novembro, no WTC Golden Hall, é o “Caminhos da Genética”, um desdobramento do projeto “Caminho do Boi”.

    Criado para que os visitantes simulem o trajeto realizado pelo animal de corte, desde a fazenda até o varejo, o Caminho do Boi, que já montado em eventos como Agrishow e InterCorte, conta com diversas estações que mostram cada etapa do processo de produção de uma carne de qualidade, como genética, sustentabilidade, sistemas produtivos, bem-estar animal, infraestrutura e manejo, pesquisa, inovação e conhecimento, gestão, sanidade, indústria, associativismo, mercado e carne. Para que cada desses aspectos seja aprofundado e discutido, a cada edição da InterCorte São Paulo terá um dia dedicado a uma estação do Caminho do Boi. O primeiro será a Genética, com a realização do seminário “Caminhos da Genética” no dia 15 de novembro, o primeiro do evento.

    Durante todo o dia mais de 30 debatedores, entre pesquisadores, técnicos, profissionais de programas de melhoramento genético e centrais, representante de associações de raças e pecuaristas discutirão os diversos aspectos que influenciam a genética bovina. Temas como animais de pista, aplicações práticas do melhoramento genético, o impacto do uso de animais melhoradores selecionados em testes de desempenho e eficiência alimentar, uso da genômica no campo, reprodução, produtividade, lucratividade e sustentabilidade na utilização de animais melhorados serão tratados em um formato dinâmico e interativo.

    “Com a idealização do ‘Caminhos da Genética’ procurou-se pontuar os avanços científicos e tecnológicos alcançados ao longo da história do melhoramento genético. Para isso, teremos informações claras e de fácil acesso ao pecuarista, o que assegurará que os avanços considerados primordiais permitam a continuidade do posicionamento do Brasil como detentor de genética bovina competitiva no mundo. Ainda com esse evento busca-se garantir a consolidação e a expansão do melhoramento genético animal, focando nas metodologias disponíveis para o progresso da bovinocultura, pensando na ‘Pecuária do Futuro’, que só será possível se os elos Genética e Sustentabilidade caminharem juntos, constituindo-se em elemento fundamental para o sucesso da cadeia produtiva de carne, fortalecendo-a como componente essencial do agronegócio brasileiro”, explica Renata Helena Branco Arnandes, Diretora Técnica de Departamento do Instituto de Zootecnia – IZ, um dos parceiros do “Caminhos da Genética” na InterCorte São Paulo.

    “O trabalho que a Intercorte vem fazendo de levar informação e provocar o debate em regiões produtoras de carne é muito importante para o setor. E a proposta de em São Paulo começar uma trilha de aprofundamento, seguindo, ano a ano, os passos da cadeia da carne - ou do ‘Caminho do Boi’ faz todo sentido, pois permite reunir na capital econômica produtores de todas as regiões para um intercâmbio de ideias e bons exemplos das melhores práticas e das tendências para o futuro da agropecuária. Ficamos muito contentes em ver o projeto ‘Caminho do Boi’ se desdobrando para além de chamar a atenção para a importância da integração da cadeia produtiva, mas também para permitir um olhar mais de perto para cada etapa envolvida numa produção de carne de qualidade dentro de uma proposta de pecuária sustentável em todos os sentidos - ambiental, social e economicamente”, avalia a vice-presidente executiva da Beckhauser, Mariana Soletti Beckheuser, uma das idealizadoras do “Caminho do Boi”.

    InterCorte São Paulo

    Além do “Caminhos da Genética”, a InterCorte São Paulo, que no mais completo complexo de negócios da América Latina, o World Trade Center São Paulo, terá três dias de uma diversificada programação envolvendo os diversos elos da cadeia produtiva da carne, como um evento em comemoração aos dez anos do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS); congresso da APPS – Associação dos Profissionais de Pecuária Sustentável; encerramento do Circuito InterCorte 2017, que percorreu estados como Mato Grosso, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Tocantins com workshops sobre o tema principal “Entender para Atender”; encontro do grupo Beef Radar; e um espaço para degustação e eventos gastronômicos. Nesse período, de 11 a 19 de novembro, será promovida a Angus Beef Week São Paulo, com a participação de diversos restaurantes da cidade que oferecerão ao consumidor pratos especiais com cortes de animais Angus.

    A edição da InterCorte em São Paulo terá ainda uma feira de negócios com a participação de empresas de referência na pecuária, que lançarão no evento suas inovações tecnológicas para tornar a pecuária cada vez mais produtiva e rentável. Já confirmaram presença na InterCorte São Paulo as empresas Ourofino, AgroMaripá, Cargill-Nutron, Matsuda, Romancini, Mundial Bens, SBC Certificadora, Beckhauser, Trouw Nutrition, Brutale, Toledo, Casale, CRI Genética, Deltagen, Wolf Seeds, Rubber Tank, ORO AGRI, ABCT – Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã, Associação Goiana do Tabapuã, Illumina, Multibovinos, Minerthal, Balanças Açores, Estância Bahia, ABCB Senepol e Associação Brasileira de Criadores das Raças Simental - Simbrasil.

    “A InterCorte São Paulo será a convergência de diversas iniciativas que vêm sendo desenvolvidas nesse grande movimento em prol da carne bovina, seja com a realização de eventos em diversos pontos do Brasil seja com a campanha #SomosdaCarne, que tem um papel muito importante, especialmente neste ano em que setor vive grandes desafios”, destaca Carla Tuccilio, diretora do Terraviva Eventos, realizadora da InterCorte.

    Mais informações: www.intercorte.com.br/saopaulo

    Fonte: InterCorte / Attuale



  • Carne de qualidade que respeita aos critérios socioambientais ainda pode ser rentável?

  • Como em qualquer outro negócio, para a produção de carne bovina ser rentável existem duas principais alternativas: receber mais pela arroba vendida ou produzir uma arroba mais barata. As duas alternat

    + leia mais
  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites