• Notícias
  • Caravana da Produtividade 2016 visita 141 municípios

    13/12/2016
    Objetivo da Caravana, que envolveu cinco empresas líderes, é ajudar os pecuaristas de corte e leite a ter mais lucro na atividade a partir da melhoria da produtividade.

     A Caravana da Produtividade 2016 – iniciativa da Merial com apoio da DSM, DOW, JBS e VW – levou novas tecnologias e conhecimentos sobre controle sanitário, manejo nutricional, manejo de pastagens, produção e gestão estratégica da cadeia a cerca de 7.500 pecuaristas de corte e de leite de 141 cidades nos 19 estados brasileiros que respondem por 80% do rebanho bovino nacional ou cerca de 170 milhões de cabeças. A etapa 1 (Região Sul) também contou com a participação da Simcro.

     O principal objetivo da Caravana é contribuir para o aumento da produtividade na pecuária de corte e produção de leite, atualmente em torno de 1UA/hectare (corte) e 1.500 litros/ano (leite), de acordo com dados da Embrapa.

     “Foi uma iniciativa fantástica de empresas líderes em suas áreas de atuação que levaram soluções práticas para o dia a dia das propriedades de corte e de leite em todo o país. Trata-se de um projeto inovador, que efetivamente busca o aumento da produtividade nas fazendas com informação e difusão de tecnologias”, explica Pedro Bacco, diretor da área de negócios de Grandes Animais da Merial Saúde Animal, idealizadora da Caravana.

     Com cinco roteiros estrategicamente definidos, a Caravana da Produtividade 2016 visitou 493 fazendas de corte e leite em todo o país, realizou 50 encontros de produtividade (dias de campo ou jantares técnicos) e promoveu ações em 188 pontos de venda de insumos agropecuários. No total, a Caravana percorreu 66.700 Km.

     “O fundamental foi chegar até onde estão os pecuaristas de corte e de leite que normalmente não são impactados pelas ações das indústrias. São produtores que vivem da atividade e precisam de ajuda para melhorar os seus indicadores de eficiência”, complementa Pedro Bacco.

    Pedro Bacco, diretor da área de negócios de Grandes Animais da Merial Saúde Animal, no encerramento da caravana: “Foi uma iniciativa fantástica de empresas líderes em suas áreas de atuação que levaram soluções práticas para o dia a dia das propriedades de corte e de leite em todo o país.

    “A Caravana da Produtividade foi uma iniciativa inspiradora”, define Fabio Dias, diretor de Originação da JBS. “Ela representa atingir diretamente pecuaristas que desejam melhorar o seu negócio mas, para isso, precisam de apoio das empresas dos vários segmentos da cadeia produtiva. A união de organizações comprometidas em levar conhecimento e novas tecnologias ao campo faz todo o sentido. A troca de ideias nas visitas é muito aberta e produtiva para os dois lados”, assinala Fabio Dias.

     “A Caravana foi uma ótima oportunidade para disseminar novas tecnologias de nutrição e manejo para produzir mais e melhor. Por meio do contato com milhares de pecuaristas, em todas as regiões do País, pudemos levar informações sobre nossos suplementos nutricionais e ferramentas que farão a atividade pecuária mais eficiente e lucrativa”, observa Juliano Sabella, diretor de Marketing – Ruminantes da DSM.

    "Estamos muito satisfeitos com o resultado da Caravana da Produtividade 2016. A iniciativa levou capacitação técnica e informação para pecuaristas de grande, médio e pequeno portes de todo o Brasil, impactando diretamente mais de cinco mil pessoas. Como aliados dos produtores rurais, buscamos sempre oferecer as melhores soluções e levar a importância do uso correto e sustentável das tecnologias para garantir maior produtividade no campo”, ressalta Felipe Daltro, gerente de marketing da Linha Pastagem da Dow AgroSciences.

     “A Volkswagen agradece a oportunidade de ter participado da Caravana da Produtividade. A proposta da ação está adequada à estratégia de Comerciais Leves, com a Amarok, permitindo divulgação da marca Volkswagen e da Amarok para um público qualificado, no mundo do agronegócio. A parceria teve a capacidade de gerar, além da exposição do modelo, envolvimento dos concessionários locais com ativação nas cidades por onde passou, gerando oportunidade de negócios. A Amarok se mostra, neste cenário, uma grande escolha porque oferece aos consumidores um alto nível de tecnologia, força e conforto, que são primordiais para o trabalho realizado e para os terrenos percorridos”, destaca Ricardo Casagrande, head de Comerciais Leves da Volkswagen do Brasil.

     A Caravana da Produtividade 2016 contou com apoio da Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon), Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio (ABMRA), Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Agroconsult e Inttegra.

     Grandes números da Caravana da Produtividade 2016:

    • 5 equipes
    • 10 semanas de visitas (setembro a dezembro 2016)
    • 66.700 km rodados
    • 141 municípios de 19 estados visitados
    • 493 visitas a fazendas pecuárias (corte e leite)
    • 50 encontros de produtividade (Dias de Campo e Jantares)
    • 188 ações em pontos de venda
    • 7.500 pecuaristas impactados
    • balconistas impactados
    • 1.076 questionários preenchidos por pecuaristas
    • 239 clippings (divulgação espontânea da Imprensa)

    Foram os seguintes os roteiros da Caravana da Produtividade 2016:

    • Equipe 1: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná
    • Equipe 2: São Paulo e Mato Grosso do Sul
    • Equipe 3: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e Goiás
    • Equipe 4: Bahia, Sergipe, Pernambuco, Tocantins, Maranhão, Ceará e Pará
    • Equipe 5: Mato Grosso, Rondônia e Acre

    Fonte: Caravana da Produtividade / Texto

  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • Rally da Pecuária 2017 vai a campo em cenário de maior oferta

  • Produtores mais tecnificados tendem a manter ou até aumentar a rentabilidade apesar da queda nos preços

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites