• Notícias
  • Chuva pode prejudicar produtividade em MT

    08/01/2018
    Uma forte linha de instabilidade associada à passagem de uma frente fria manterá o tempo bastante fechado e com chuva a qualquer hora do dia em grande parte das regiões Sudeste e Centro-Oeste nesta segunda-feira.

    Com isso, muitos produtores, principalmente os do Mato Grosso, devem ficar ainda mais apreensivos, já que essas chuvas ininterruptas estão prejudicando todos os trabalhos de campo, como pulverizações e colheitas, que estão paralisadas. O grande problema é que o tempo extremamente úmido tem propiciado um aumento diário no número de focos de doenças. Sem o devido controle, as perdas de produtividade poderão vir a ocorrer, até porque há previsão de mais chuva ao longo da semana em toda a faixa central do país nos próximos dias. Isso pode atrapalhar e até mesmo inviabilizar os trabalhos de campo.

    Além disso, o tempo fechado também reduz as taxas fotossintéticas, o que pode impactar negativamente a granação e, consequentemente, a produtividade das lavouras. Outro problema é que muitas lavouras de soja já estão aptas a serem colhidas e, com isso, esse tempo invernado poderá trazer problemas aos produtores. Somente na semana que vem é que há previsão de chuva, apenas na forma de pancadas, sobre a faixa central do Brasil.

    Como fica o tempo?

    Durante a semana, pancadas de chuva devem ocorrer sobre a região do Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará. Somente no Paraná e partes da metade sul de Mato Grosso do Sul é que as pancadas de chuvas podem ocorrer a partir de quarta-feira (10). Até lá o tempo seguirá aberto. Já no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, chuvas realmente generalizadas e em bons volumes deverão vir a ocorrer somente entre o próximo final de semana e, principalmente ao longo da próxima semana. Ou seja, somente na segunda quinzena de janeiro.

    Como as chuvas que ocorreram nesse último final de semana foram muito irregularestanto no Rio Grande do Sul quanto em Santa Catarina, a ausência de chuvas essa semana poderá trazer alguns prejuízos pontuais, principalmente sobre a metade sul do Rio Grande do Sul.

    Argentina

    Na Argentina, a semana será marcada pelas chuvas extremamente irregulares, sendo que somente na semana que vem é que há previsões de chuvas generalizadas e em bons volumes em todas as principais regiões produtoras.

    Porém, diferentemente do Brasil, a estrutura de solo na Argentina é bem melhor, com isso, mesmo com a ausência de chuvas ao longo da semana, as condições ainda se manterão favoráveis ao desenvolvimento das lavouras. 

    Fonte: Climatempo



  • Planejamento estratégico é requisito para pasto produtivo

  • Pasto produtivo, no novo conceito de mercado, é fundamental para que o produtor sobreviva e tenha rentabilidade.

    + leia mais
  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais
  • Por uma nova pecuária brasileira

  • O livro Carne e Osso lançado em 2015 pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne traz um relato inédito sobre as origens e a evolução da indústria da carne brasileira, a reboque da

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites