• Notícias
  • Concessionária LS Tractor monta Central de Telemetria

    30/09/2019
    Iniciativa é pioneira no Brasil e monitora os tratores para os clientes

    Central de Telemetria acompanha o trabalho dos tratores para os clientes

    Acompanhar todas as atividades executadas pelo trator à distância, sem necessidade de ir a campo, são funcionalidades que se tornam muito úteis no gerenciamento da frota da propriedade rural. A Telemetria chegou para proporcionar ao administrador da propriedade toda uma gama de informações referente ao funcionamento de uma determinada máquina agrícola. Com ela é possível saber quantas horas o trator trabalhou em um dia, qual foi a produtividade, o consumo de combustível e se já está na hora de fazer alguma manutenção preventiva. A transmissão destas informações é feita via sinal de celular diretamente para o escritório da propriedade rural, onde serão processados os dados e feitos os relatórios.

    Observando que esta é uma informação importante para o proprietário da fazenda a fim de que ele melhore a produtividade do seu trator, a concessionária LS Tractor, Terra Café, com atuação no Sul de Minas Gerais, investiu na estruturação de uma Unidade de Controle de Telemetria. O objetivo é de prestar aos seus clientes, um serviço de acompanhamento à distância, de tudo o que o equipamento está fazendo no seu período de trabalho. “Podemos ver quanto está gastando de combustível por operação, orientar o operador caso esteja usando o equipamento de forma errada, ver se ele está trabalhando na rotação certa, como ser mais eficiente na operação que está realizando, quais as condições do trator naquele momento, e ir reportando ao administrador da fazenda para que ele tome as decisões necessárias para cada situação”, afirma o gerente geral da concessionária Flávio Scalioni.

    Atualmente já são cerca de 300 tratores monitorados pela Unidade, que está instalada na concessionária. O cliente não paga pelos equipamentos de telemetria, que já saem de fábrica, mas faz um investimento mensal, como assinatura, de R$ 80 pelo serviço. “E é um serviço que tende a crescer porque depois que o cliente começa a usar, é como o whatsapp, não se consegue viver sem”, explica Scalioni, complementando que quanto mais o produtor vai usando a ferramenta, melhor aproveitamento ele tem da sua máquina, e mais produtiva ela se torna, rentabilizando o investimento feito no trator, finaliza o gerente.

    Mapa de localização de cada trator

     

     



  • Santander e Esalq/USP revelam vencedores da segunda edição do Prêmio Novo Agro

  • O Santander e a Esalq/USP revelam os oito vencedores do “Prêmio Novo Agro”.

    + leia mais
  • YAMI - Youth Agribusiness Movement International encerra sua primeira edição e amplifica presença do jovem no agronegócio

  • Com temas voltados para modernização do campo, liderança e sucessão, as novas mentes do agronegócio debateram o futuro em um evento disruptivo.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites