• Notícias
  • Congresso da Abag discutirá a necessidade de adaptações das leis trabalhistas às condições da atividade agrícola

    04/08/2017
    Tema faz parte do 16º Congresso Brasileiro do Agronegócio promovido pela entidade no próximo dia 7 de agosto, em São Paulo

    A rotina do trabalhador rural é totalmente diferente da do cidadão urbano. No campo, quem dita o ritmo da lida diária é a chuva e o sol, fatores sobre os quais o homem não tem nenhum controle. Por essa razão, as leis que disciplinam os direitos e deveres do trabalhador do campo precisam ser diferenciadas em relação ao da cidade. Para tanto, é necessário uma ampla modificação e modernização da CLT –

    Consolidação das Leis do Trabalho, um instrumento legal que tem quase 80 anos de vigência e necessita de uma urgente revisão.

    Essa modernização na legislação trabalhista brasileira, vital para aumentar a produtividade da economia brasileira de uma forma geral, será um dos principais assuntos discutidos durante o 16º Congresso Brasileiro do Agronegócio, que a ABAG promoverá no próximo dia 7 de agosto, em São Paulo, e que deve reunir aproximadamente 800 participantes. Entre os debatedores estão, além do ex-ministro do Trabalho, Almir Pazzianotto Pinto, o advogado Sólon de Almeida Cunha, do escritório Matos Filho; e o presidente da Suzano Papel e Celulose, Walter Schalka. O painel terá como moderador o jornalista William Waack e o tema geral do Congresso será Reformar para Competir.

    Serviço:

    16º Congresso Brasileiro do Agronegócio – Reformar para Competir
    Data: 7 de agosto de 2017
    Horário: das 8hs às 18h30
    Local: Sheraton WTC São Paulo Hotel

    As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo hotsite do evento: www.abag.com.br/cba

    Fonte: Abag / Mecânica

  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • Rally da Pecuária 2017 vai a campo em cenário de maior oferta

  • Produtores mais tecnificados tendem a manter ou até aumentar a rentabilidade apesar da queda nos preços

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites