• Genética
  • Criatório referência na raça nelore, Fazenda Aliança adere ao PMGZ

    23/04/2015
    Tradicional criatório da raça nelore e maior vendedor de touros registrados do país, a Fazenda Aliança acaba de fazer sua adesão ao PMGZ (Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos).

    “Um dos motivos mais fortes que nos levaram a aderir ao programa é o volume de dados, que garantem mais consistência às avaliações genéticas. Queremos inserir nosso criatório no PMGZ para sabermos onde estamos e aonde podemos chegar. Além disso, estando no programa passaremos a receber a orientação dos técnicos de campo da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), que estão inseridos no dia a dia dos criatórios. Muito mais do que a informação numérica do programa, teremos também a informação técnica e prática com este acompanhamento profissional. Isso faz toda a diferença”, afirma Ronaldo Venceslau Rodrigues da Cunha, responsável pelo criatório Aliança.

    A decisão de integrar o programa coordenado pela ABCZ marca uma nova etapa na trajetória de pioneirismo do criatório Aliança. “É, em minha opinião, mais uma página dessa trajetória de sucesso, que busca melhoramento genético contínuo. Para esse feito decidimos aderir ao PMGZ, que será a ferramenta que nos auxiliará a evolução contínua da genética que produzimos", diz Rodolfo Rodrigues da Cunha Machado Borges, responsável pela área técnica da marca.

    A história de sucesso da Fazenda Aliança teve início em 1955 quando Antônio Ronaldo Rodrigues da Cunha iniciou sua seleção com 30 novilhas da raça nelore, no município de Uberaba. No início da década de 70, o criador adquiriu sua primeira fazenda no Mato Grosso: a Aliança, no município de Araputanga, para onde o gado foi transferido em 1975. 

    Hoje, o rebanho nelore da família Rodrigues da Cunha está concentrado na fazenda Corixo, em Porto Esperidião (MT) e é formado por 4.000 matrizes nelore PO. À frente do negócio estão o filho de Antônio Ronaldo, Ronaldo Venceslau Rodrigues da Cunha e o neto Rodolfo Rodrigues da Cunha Machado Borges.

    A marca Aliança é referência em qualidade, padronização e também em comercialização de animais. Há oito anos, a família Rodrigues da Cunha promove o Mega Leilão Aliança, que em sua mais recente edição (2014) comercializou, em apenas seis horas de leilão, 800 touros Nelore PO, com média de R$ 8.133,00. Em setembro de 2015, o Mega Leilão Aliança ofertará 900 touros nelore PO. Além desta arrojada ação, estão outras como a venda de animais em mega lotes (30 touros por lote) e a realização do maior leilão de fêmeas PO já realizado no país, que em 2014 vendeu de uma só vez 1.000 matrizes, alcançando média de RS 5.800,00.

     


  • Suplementação mineral é essencial para rebanho, mas exige medida específica

  • Não existe receita de sucesso e é preciso fazer análise real de cada caso

    + leia mais
  • A vez delas também na pecuária

  • Estamos falando das fêmeas bovinas como fiel da balança na hora de melhorar a rentabilidade do negócio. Na cobertura a campo, predominante na pecuária nacional, produzem em média 28 filhotes por ano,

    + leia mais
  • Uma nova revolução

  • Eficiência alimentar passa a ser grande preocupação dos principais selecionadores de bovinos do País. A característica promete conferir maior competitividade à produção de carne vermelha.

    + leia mais
  • Genética no tempo, sem artificialismos

  • Respeitando a fixação de características no rebanho ao longo do tempo sem quaisquer maquiagens nas informações observadas e coletadas no campo.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites