• Notícias
  • Grupo Matsuda apresenta na Agrishow soluções para aumentar produtividade

    20/04/2017
    O Grupo Matsuda estará presente na 24ª edição da Agrishow, Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, programada para o período de 01 a 05 de maio de 2017, em Ribeirão Preto – SP.

    O programa Desempenho Máximo foi desenvolvido com o objetivo de auxiliar o pecuarista, o empresário, o produtor, o pequeno produtor e os técnicos que atuam na área.

    Considerada uma das três principais feiras de tecnologia agrícola do mundo e a maior e mais importante na América Latina, a Agrishow é vitrine das mais avançadas tendências e inovações tecnológicas para o agronegócio. O Grupo Matsuda estará apresentando, em seu estande, as mais recentes soluções tecnológicas geradas pelo seu departamento de pesquisa, as quatro novas cultivares de gramíneas forrageiras, desenvolvidas a partir de seu banco de germoplasma, além de seu Programa Desempenho Máximo, um protocolo de nutrição animal com suplementação mineral, proteica e energética, desenvolvido para possibilitar que as propriedades de pecuária aumentem as margens de lucro por meio do desempenho dos animais. As linhas desenvolvidas, Mais Bezerros, Mais Leite e Mais Carnes, garantem uma suplementação adequada e que aumenta a taxa de produção.

    O programa Desempenho Máximo foi desenvolvido com o objetivo de auxiliar o pecuarista, o empresário, o produtor, o pequeno produtor e os técnicos que atuam na área. A justificativa para o programa é a existência, no mercado, de muitos produtos, com várias denominações e formulações, deixando o produtor pecuarista confuso com sua utilização. Por isso desenvolveu o programa, após longos estudos e experimentos, resultando num método balanceamento de manejo nutricional, ideal para desenvolver o animal em cada etapa de desenvolvimento e de acordo com o período do ano.

    São as orientações técnicas desse programa que irão otimizar a utilização correta dos suplementos, com informações consolidadas em um mapa de comunicação visual, onde o produtor lê e identifica facilmente os produtos corretos a serem utilizados. Ele representa um “norte” para que os produtores utilizem os produtos certos, da maneira e sequência correta dentro de um vasto portfólio de mais de 130 suplementos. Mesmo assim, o Grupo Matsuda recomendado uma orientação técnica para otimizar e customizar o melhor desempenho de cada propriedade
    As quatro novas variedades de cultivares forrageiras que chegam ao mercado são MG7 Tupã, MG11 Tijuca, MG12 Paredão e MG13 Braúna.

    A MG7 Tupã, Andropogon híbrido, é voltada para solos com baixa qualidade e cascalhado. Sua planta tem menor altura e com folha mais largas e compridas. O tempo entre o plantio e a pastagem das variedades vai de 45 a 60 dias para pastejo leve.

    A cultivar MG11 – Tijuca, Setária híbrida, atende à demanda de solos alagadiços, como a região do Pantanal. A variedade é tolerante a solos de média a baixa fertilidade. A MG12 Paredão, Panicum, é mais resistente à cigarrinha, uma das principais pragas que atinge pastagens e responsável por perdas de produtividade. A folha da Paredão é larga e comprida e tem excelente índice nutricional, resultando em mais carne e leite. O cultivar Paredão é considerado capim do futuro em produtividade.

    A MG13 Braúna, Brachiaria, tem boa aceitação pelos animais e é resistente à seca e veranicos, com rápida rebrota após o pastejo.

    Com quase sete décadas no mercado e líder mundial na produção e comercialização de sementes para pastagens tropicais, o Grupo Matsuda tem investido constantemente na busca de novos produtos através da pesquisa e do melhoramento genético. Os trabalhos têm resultado em seguidos lançamentos de novas cultivares de forrageiras tropicais. A pesquisa e o melhoramento genético são realizados nas mais diversas regiões do país, o que contribui para a geração de plantas adaptadas aos variados ecossistemas e alto potencial forrageiro.

    Sobre a Matsuda

    O Grupo Matsuda, que em 2017 está completando 69 anos de tradição no segmento da pecuária, atua na pesquisa, produção e comercialização de sementes para pastagens, suplementos minerais, inoculantes para silagem, equipamentos agrícolas, produtos veterinários e rações para pet, estando presente com unidades fabris em regiões estratégicas do País, como Cuiabá (MT), São Sebastião do Paraíso (MG), Vitória da Conquista (BA), Álvares Machado (SP), Goianira (GO), Imperatriz (MA) e São Gonçalo do Amarante (CE), além de centros de distribuição e representantes em todo o País. A empresa é líder do setor de sementes para pastagens no Brasil, e já está presente em mais de 23 países, entre América do Sul, Central, Europa e Ásia.

    Fonte: Taxi Blue Comunicação Estratégica

  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais
  • Sistemas agroflorestais ajudam a melhorar microclima da propriedade rural

  • Sistemas Agroflorestais Biodiversos, conhecidos como SAFs, proporcionam diferentes benefícios e contribuem com o melhor controle de temperatura, da umidade relativa do ar e da umidade do solo.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites