• Nutrição
  • ILP recupera de forma mais rápida pastos degradados

    29/01/2014
    Transformar um pasto degradado em área produtiva custa caro no Brasil. Mas esse investimento pode ter um retorno mais rápido se o pecuarista usar a Integração Lavoura-Pecuária (ILP).

    ilp milhoTransformar um pasto degradado em área produtiva custa caro no Brasil. Mas esse investimento pode ter um retorno mais rápido se o pecuarista usar a Integração Lavoura-Pecuária (ILP).

    Em novembro de 2012, o produtor Altairso Rosa da Silveira, do município de Guimarânia, na região do alto Paranaíba, em Minas Gerais, resolveu investir na ILP para recuperar os pastos degradados da propriedade. ?Corrigi o solo, plantei milho e depois o capim. Depois tirei o milho, fiz a silagem. Depois disso, deu um bom pasto?, diz o produtor. Em 80 hectares da fazenda, Silveira fez quatro pastos de 20 hectares cada um. Usou dois tipos de capim, as braquiárias MG-5 e Piatã. O produtor conta que gastou R$ 1.000 por hectare, somando o preparo do solo, sementes de milho e capim, e a divisão dos pastos com cerca paraguaia. Em menos de um ano já vê o retorno do investimento. O pecuarista diz estar satisfeito com o resultado do trabalho. O retorno do investimento é medido também pela taxa de lotação. Em 20 hectares, o produtor colocou 80 animais. Eles devem ficar na área por 25 dias e depois serão transferidos para o outro pasto. Segundo o engenheiro agrônomo Marcos Cordeiro, se o pecuarista não fizer adubação de manutenção, em três anos, ele poderá entrar novamente com a lavoura para restituir a fertilidade do solo. As folhas residuais estão com aproximadamente 20 centímetros de tamanho. É o ponto ideal para que, com o manejo adequado, o capim rebrote e em pouco tempo possa receber um novo lote de animais.

    Fonte: Canal Rural



  • Suplementação mineral é essencial para rebanho, mas exige medida específica

  • Não existe receita de sucesso e é preciso fazer análise real de cada caso

    + leia mais
  • A vez delas também na pecuária

  • Estamos falando das fêmeas bovinas como fiel da balança na hora de melhorar a rentabilidade do negócio. Na cobertura a campo, predominante na pecuária nacional, produzem em média 28 filhotes por ano,

    + leia mais
  • Uma nova revolução

  • Eficiência alimentar passa a ser grande preocupação dos principais selecionadores de bovinos do País. A característica promete conferir maior competitividade à produção de carne vermelha.

    + leia mais
  • Genética no tempo, sem artificialismos

  • Respeitando a fixação de características no rebanho ao longo do tempo sem quaisquer maquiagens nas informações observadas e coletadas no campo.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (2)



  • Fellipe
  • Teste. Olha o boi!!!

    Postado: 13/02/2014 11:00:00

  • Fellipe
  • Teste. Olha o boi!!!

    Postado: 13/02/2014 11:00:00

    Criação de sites