• Manejo
  • Iniciativa destaca práticas de bem-estar animal

    17/05/2016
    Projeto convida pessoas a percorrer o trajeto de um animal de corte

    Para os pecuaristas, a ideia é mostrar na prática como a integração dos elos da cadeia produtiva da carne impactam na qualidade do produto que é entregue para a indústria e, consequentemente, ao consumidor e como isso se reflete diretamente na rentabilidade do seu negócio. Já para o consumidor, esta é uma oportunidade para aprender de onde vem a carne e verificar como o Brasil evoluiu em práticas de bem-estar animal, sustentabilidade, tecnologia e qualidade.

    É o que explica a vice-presidente Executiva da Beckhauser (Paranavaí/PR), empresa que idealizou o Caminho do Boi, Mariana Beckheuser. O projeto convida produtores e consumidores a percorrer o trajeto do boi de corte para destacar a importância econômica do setor, saúde, bem-estar animal e produção sustentável. A ser realizada na InterCorte entre os dias 16 e 17 de junho em São Paulo (SP), a ação foi inspirada nos estudos da professora e pesquisadora Temple Grandin, da Universidade do Estado do Colorado (EUA), uma das maiores referências em bem-estar animal do mundo e tem a curadoria técnica de conteúdo do Prof. Mateus Paranhos, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Etologia e Ecologia Animal – ETCO, da Unesp (Jaboticabal/SP).

    Durante a InterCorte, os visitantes poderão percorrer o caminho desde o nascimento do animal, passando por genética, nutrição, sanidade, manejo no curral, tronco de contenção, transporte e frigorífico.

    Um dos diferenciais desta edição do Caminho do Boi é o foco maior no consumidor e no produto carne. “A edição do Caminho do Boi na InterCorte SP será bastante interativa e fará uso de diversos recursos visuais e sensoriais para proporcionar experiências aos visitantes em cada etapa do processo de produção de carne, tendo como base quatro pilares: importância econômica, saúde, bem-estar animal e produção sustentável”, conta Beckheuser.

    Para Mariana, o objetivo é que o consumidor consiga perceber a importância do agronegócio no Brasil e que a pecuária tradicional está dando lugar a uma pecuária sustentável que produz com qualidade, pensando no meio ambiente, nas pessoas e nos animais. “Queremos tocar as pessoas com a história da pecuária e mostrar o quanto produzimos com segurança alimentar, dentro da legislação e que a nossa carne pode ser, sim, a melhor do mundo, pois temos condições para criar os animais respeitando seu bem-estar em qualquer ambiente”, complementa.

    Fonte: Beckhauser

    O Poretal Boi a Pasto é mídia partner do Circuito InterCorte 2016

  • Projeto Campos do Araguaia busca adequação ambiental em propriedades do MT

  • O projeto irá apoiar a intensificação e restaurar de 130 mil hectares de pastagens no Médio Araguaia/MT. Serão realizadas adequação ambiental e intensificação sustentável em 50 propriedades rurais em

    + leia mais
  • Rally da Pecuária 2017 vai a campo em cenário de maior oferta

  • Produtores mais tecnificados tendem a manter ou até aumentar a rentabilidade apesar da queda nos preços

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites