• Raça
  • Lançado novo catálogo de touros das raças Jersey, Pardo-Suíço e Simental

    05/06/2018
    Uma das maiores centrais de inseminação artificial do mundo, a Semex Brasil acaba de lançar seu catálogo “Leite Importado 2018” e investiu na genômica para selecionar touros de maior impacto genético

    O uso da genômica na seleção de touros de raças leiteiras tem colocado no mercado animais de maior produção, saúde e longevidade, e melhorado a rentabilidade da pecuária. A tecnologia já é utilizada pela Semex Brasil, uma das maiores centrais de inseminação artificial do mundo, para selecionar reprodutores dos seus catálogos das raças leiteiras importadas. “O que estamos presenciando nesta era genômica de evolução das raças puras é extraordinário. Novos índices econômicos estão fazendo parte das avaliações genéticas e, graças à genômica, podemos ter maior confiabilidade nos dados apresentados. Esta maior confiabilidade e segurança impulsiona o avanço genético como em nenhuma outra era da evolução genética”, explica o diretor Técnico das Raças Leiteiras da Semex Brasil, Claudio Aragon.

    A empresa acaba de lançar seu novo catálogo “Leite Importado 2018”, que traz 68 touros das raças Jersey, Pardo-Suíço e Simental, sendo a maior parte deles com avaliação genômica pelo programa Genomax. Entre as vantagens de utilizar touros genômicos, estão: redução do intervalo entre gerações; aumento em até 2,5 vezes do progresso genético em relação ao teste de progênie; ganho médio anual do Índice de Lucratividade Vitalícia (LPI) duplicado.  “Este novo catálogo reflete o enorme empenho da Semex em colocar nas mãos do produtor a mais variada bateria genética, para que ele possa escolher o que mais agrega ao seu rebanho”, destaca.

    Diversas outras tecnologias foram utilizadas para selecionar os touros do novo catálogo Leite Importado 2018, que traz informações sobre produção, saúde, reprodução, conformação e os programas utilizados na seleção. São eles: Immunity+ (seleciona animais mais resistentes a doenças comuns em rebanhos leiteiros); SemexWorks (permite a personalização dos índices de seleção para cada rebanho, mostrando o retorno sobre o investimento em genética); Optimate (programa de acasalamento e estratégia genética); DairyTrack (monitora índices produtivos, reprodutivos e a saúde do rebanho de uma maneira extremamente simples e prática, devolvendo ao produtor a capacidade de diagnosticar o que está ocorrendo com suas vacas; Ai24 (monitora de forma precisa os animais em cio, os horários de inseminação, além de monitorar a saúde das vacas através da ruminação).

    Sobre a Semex

    O Grupo Semex, há mais de 35 anos no mercado, carrega o conceito de ser uma fonte de soluções completas em genética bovina. No Brasil, é composto pela central de comercialização, exportação e importação de sêmen Semex Brasil, a central de coleta e industrialização de sêmen Tairana, a central de produção e prestação de serviço Cenatte Embriões e a SRC Supply, que comercializa equipamentos para IA e saúde animal.

    Fonte: Semex / Publique



  • Tecnologia e produção sustentável

  • Historicamente, em todas as regiões no mundo, a produção de alimentos em quantidade e qualidade adequadas à demanda sempre foi uma preocupação social e de suas representações.

    + leia mais
  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais
  • Por uma nova pecuária brasileira

  • O livro Carne e Osso lançado em 2015 pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne traz um relato inédito sobre as origens e a evolução da indústria da carne brasileira, a reboque da

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites