• Notícias
  • Matsuda apresenta aos neloristas as perspectivas da parceria com a ACNB

    24/08/2018
    A apresentação da parceria firmada entre o Grupo Matsuda e a Entidade aconteceu durante convenção dos criadores, na ExpoGenética, em Uberaba (MG).

    Grupo de neloristas e membros da Equipe Matsuda, na convenção da ACNB.

    A maciez e suculência da carne Nelore, agora, terá o DNA da Matsuda e da ACNB (Associação dos Criadores de Nelore do Brasil), graças a uma parceria entre as duas instituições, firmada pela atual gestão de Nabih Amin El Aouar, novo presidente, eleito para o próximo biênio.  Atualmente, a instituição conta com 2500 associados em 15 regionais (estados), presente em 85% do rebanho nacional, com uma população bovina de 172 milhões de cabeças. Esse número dá a dimensão gigantesca do acordo que foi fechado entre as duas instituições e celebrado no último dia 21, durante a primeira convenção da entidade nessa gestão. A cerimônia da parceria reuniu o crém-de-la-crém da pecuária nelorista na sede da Fazenda Santana, de Jovelino Mineiro, em paralelo à 18ª ExpoGenética de Uberaba (MG).

    Cerca de 50 delegados regionais estiveram presentes ao evento sob a batuta de Nabih Amin, cuja saudação inicial foi enfática na palavra “integração”, deixando claro que seu objetivo, durante o tempo em que estiver a frente da ACNB, será trazer todo e qualquer nelorista espalhado pelo Brasil, para fazer parte de sua associação estadual e, consequentemente, unir todas as entidades regionais em um só discurso. A palavra chave de sua administração é integração de todas as associações do Nelore regionais. Além de buscar parcerias com diversas outras entidades do mercado da pecuária, como ABCZ, CNA, FAZU, IZ, EMBRAPA, entre outras. A máxima é: não podemos mais trabalhar sozinhos." Essa convenção é um marco de renovação, um marco de generosidade, um marco de mudanças", destacou.

    A ACNB quer aumentar os criadores de pista e somar benefícios para o criador de gado comercial, levando-o a ter acesso às novas tecnologias para aumento de produtividade e de rentabilidade. “Como o Brasil tem um clima privilegiado e a grande vantagem do ruminante é transformar capim em carne e leite de forma saudável e sustentável, o nosso foco tem que ser o gado a pasto que, aliás, tem se tornado uma tendência mundial”, observou Nabih. E é exatamente aí que entra em campo a parceria estratégica com a Matsuda, a marca líder em sementes para pastagens, no Brasil e em mais de 21 países, para jogar de braço dado no campo dos produtores, atendendo-os de forma personalizada, com um time técnico muito bem treinado, capaz de indicar as melhores forrageiras para formar ou reformar pastos que atendam às necessidades dos animais em todas as fases do rebanho, desde a cria, até a recria, passando por engorda e terminação.

    Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB, abrindo a convenção.Todo esse aparato tecnológico vai além, porque a marca também inclui em seu cardápio de nutrição bovina mais de 70 formulações de suplementos minerais, indicados para bezerros, vacas em períodos de prenhez, lactação, desmama, novilhas, tourinhos e bezerras destinados ao melhoramento genético ou para produção de carne e leite.  Afinal, são 70 anos de trabalho e dedicação ao pecuarista, visando uma pecuária de qualidade máxima, onde o sabor não possa ser trocado pela maciez, e vice-versa, em conformidade com todas as certificações ambientais e sanitárias exigidas, tanto dentro das nossas fronteiras, como pelo consumidor europeu.  

    Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB, abrindo a convenção.

    Tecnologia disponível

    Agora, todo esse pacote tecnológico desenvolvido e comercializado pela Matsuda estará à disposição dos associados da ACNB e, por extensão, aos neloristas de norte a sul do Brasil, afirmou  Leonardo Matsuda, diretor do Grupo, dizendo-se muito honrado com a celebração do acordo entre as duas marcas líderes do agronegócio nacional, ambas apaixonadas pela atividade da pecuária, e que transformaram essa paixão em carne, leite, maciez, suculência e sabor, não só na mesa dos brasileiros, como na de vários outros países.  “Sem o Nelore, sem os seus criadores e sem sua associação, nosso País não seria este gigante da pecuária nem ocuparia os primeiros postos mundiais de produtor e exportador de carne bovina. Especialmente nesse momento em que temos a missão e o compromisso de contribuir para combater a fome no mundo”, completou Victor Sammi, diretor financeiro do Grupo Matsuda.

    O diretor-presidente do Grupo, Jorge Matsuda, participou do evento, por meio de um vídeo-mensagem, saudando os participantes da Convenção, desejando-lhes sucesso na caminhada de braço dado com a nova marca parceira e agradecendo a todos por vestirem a camisa da marca, o que não foi uma força de expressão, pois todos os 50 delegados-pecuaristas, momentos antes, haviam sido presenteados com uma t-shirt branca, carimbada com ambas as logomarcas, com a qual posaram para a foto oficial do evento, prontos para escrever um novo capítulo da história nelorista no Brasil.

    Parceria nasceu em solo capixaba

    No encerramento da apresentação, Victor Sammi destacou que “o Grupo Matsuda orgulha-se de poder caminhar junto com a ACNB, trilhando os caminhos que levam ao desenvolvimento de importante setor primário da economia, mola propulsora para transformar a paisagem rural do Brasil, estimulando o investimento nos negócios da pecuária e transformando o País num dos maiores produtores e exportadores de carne e de leite do mundo”.

    O “namoro” entre as duas marcas começou há uns doze anos, desde que o representante do Grupo Matsuda no Espírito Santo, Carlos Tadeu Rosa, foi convidado para participar das reuniões da ACCN (Associação Capixaba dos Criadores de Nelore). Ele conta que nesse período esteve presente em diversos eventos regionais e nacionais da Raça Nelore e, com isso, entendeu como funciona a grandiosa entidade que é a ACNB, com seus mais de 60 anos de existência. “Devido ao grande número de eventos culturais, técnicos e científicos que a ACCN desenvolveu na nossa região, fomos sendo reconhecidos nacionalmente pela qualidade dos nossos eventos, sem que eles fossem somente de exposições e julgamento de raças mas, sim, fomentadores da cadeia da pecuária estadual e interestadual”, explica Tadeu Rosa.

    O presidente da ACNB, Nabih Amin El Aouar, o diretor do Grupo Matsuda Leonardo Matsuda, e Carlos Tadeu Rosa, representan-te Matsuda no Espírito Santo e diretor da ACCN.

    Para ele, isso refletiu na eleição do Dr. Nabih Amin El Aouar, médico e pecuarista capixaba, à presidência da ACNB, e devido as ações e a nova formatação dos projetos que ele está implantando, entendeu que era o momento de o Grupo Matsuda firmar uma parceria exclusiva com a entidade, aproveitando o grande boom que a empresa está vivendo. “Só nos últimos 10 anos, a Matsuda foi a empresa de nutrição animal e sementes que mais cresceu no Brasil e, sendo 100% nacional, estava tudo perfeito para tentarmos essa parceria, juntando uma entidade que representa 85% do rebanho brasileiro e uma empresa 100% nacional que cresce com foco em tradição com qualidade”, destaca o representante capixaba. 

    O próximo passo foi partir para as negociações entre diretores da ACNB e da Matsuda, e o resultado foi a celebração de um acordo de parceria entre ambas, onde a Matsuda será patrocinadora máster de todos os eventos da ACNB, em território nacional, com exclusividade para o segmento de sementes de pastagens e suplemento mineral, sendo que o maior beneficiado será o nelorista brasileiro. “Esse acordo inclui programas de fomento, eventos, ranking e outras iniciativas da ACNB como o Programa de Qualidade Nelore Natural (PQNN), Ranking Nacional da Raça Nelore, Circuito Nelore de Julgamentos de Carcaças, Nelore Fest, Expoinel e demais eventos realizados pela entidade nacional dos criadores da raça Nelore “, explica Tadeu Rosa, que também é criador de Nelore, diretor da ACCN, no Espírito Santo e representante da Matsuda, naquele estado. 

    Fonte: Matsuda / Taxi Blue Comunicação Estratégica

     



  • Temple Grandin: Práticas de bem-estar animal traz vantagens para o gado e para o pecuarista

  • Pesquisadora norte-americana Temple Grandin está no Brasil e fala sobre a preocupação com o bem estar animal e sua importância para obter-se mais produtividade na fazenda. Ela é uma das maiores autori

    + leia mais
  • Planejamento estratégico é requisito para pasto produtivo

  • Pasto produtivo, no novo conceito de mercado, é fundamental para que o produtor sobreviva e tenha rentabilidade.

    + leia mais
  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • Por uma nova pecuária brasileira

  • O livro Carne e Osso lançado em 2015 pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne traz um relato inédito sobre as origens e a evolução da indústria da carne brasileira, a reboque da

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites