• Genética
  • Mercado aposta na avalição genômica dos rebanhos para aumentar a produção de leite

    14/05/2018
    Parceria público-privada lança no Brasil serviço que revoluciona o melhoramento genético de bovinos leiteiros

    A Embrapa, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, a CRV Lagoa e a Zoetis anunciaram no último dia 08/05, o primeiro produto de avaliação genômica para rebanhos leiteiros no Brasil, cujo objetivo é selecionar animais geneticamente superiores. O serviço leva o nome de Clarifide Girolando e é voltado para bovinos da raça Girolando (cruzamento Gir Leiteiro x Holandês), de grande importância para a pecuária leiteira nacional.

     Segundo o pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Marcos Vinícius Barbosa da Silva, o Clarifide Girolando é o resultado de seis anos de pesquisas em genômica, genética molecular e bioinformática. “Reunimos o que há de mais avançado nos conhecimentos de genoma e sistemas computacionais para avaliar as informações provenientes de um chip com centenas de milhares de dados relacionados ao DNA bovino”, diz o pesquisador.

     A seleção dos animais superiores para os sistemas de produção de leite é feita a partir de material biológico que contenha células do bovino. As informações genéticas coletadas são comparadas com as que estão disponíveis no chip do Clarifide Girolando. Como resultado deste trabalho, o produtor recebe uma informações a respeito do animal, como produção e proteínas do leite, se é portador de genes que produzam defeitos genéticos, capacidade reprodutiva, entre outros.

     A tecnologia é acessível e permite que pequenos e médios produtores possam inscrever seus animais nos testes. “A introdução da avaliação genômica no programa de melhoramento democratiza as oportunidades da seleção, na medida em que permite que um número maior de produtores tenha acesso ao serviço”, explica Marcello Cembranelli (Coordenador Operacional do Programa de Melhoramento Genético da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando).

     Parceria público-privada

    - O Clarifide Girolando é o resultado de um projeto de pesquisa realizado em parceria público-privada entre Embrapa, Associação Brasileira de Criadores de Gado Girolando e as empresas Zoetis e CRV Lagoa. A solução está disponível no mercado por intermédio das empresas parceiras:

     - Zoetis – Líder mundial em saúde animal, utilizou sua experiência em genômica de outras raças de gado de leite e corte, como Holandês, Jersey, Pardo Suíço, Nelore e Angus, em diversos países, para contribuir com a transformação da pesquisa em uma solução comercial viável para o pecuarista brasileiro. A companhia realizou a genotipagem dos 5,6 mil animais avaliados durante a pesquisa em seu laboratório em Michigan, nos Estados Unidos.  Cleocy Fam de Mendonça Júnior, gerente de Produto de Bovinos de Leite da Zoetis, dá o seguinte depoimento: “A avaliação genômica favorece tanto os grandes quanto os pequenos produtores, ao democratizar a genética. O Clarifide Girolando é acessível ao pequeno pecuarista e este é um fator especialmente importante neste momento em que a pecuária leiteira brasileira passa por transformações, reduzindo o número de propriedades e as margens de rentabilidade. O cenário requer profissionalização”. Para que os resultados da avaliação genômica sejam aproveitados ao máximo, as equipes de campo da Zoetis apoiam os produtores com consultorias técnicas, visando ganho de eficiência e de competitividade. A Zoetis terá exclusividade nos testes do Clarifide Girolando para avaliação de fêmeas.

     - CRV Lagoa – Integrante da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético formada por 35 mil produtores, a CRV Lagoa forneceu ao projeto muitas informações de sua sede, na Holanda, abrangendo dados de touros holandeses que fazem parte dos acasalamentos do Girolando – o que contribuiu para fortalecer todo o processo de desenvolvimento da nova tecnologia. “Também participamos de pesquisas de mercado que ajudaram a Associação e a Zoetis, fornecendo dados para que a Embrapa gerasse todas as informações durante o trabalho do processo no campo, captando informações e tornando cada vez mais viável a utilização do produto”, relata Cesar Franzon, gerente de Inovação e Rebanho da CRV Lagoa. A companhia vai trabalhar com exclusividade no teste dos machos e terá foco na avaliação dos touros candidatos ao teste de progênie, pensando também em touros de monta natural e reprodutores que já estão sendo avaliados nas centrais.

    Melhoramento genético tradicional versus seleção por meio da avalição genômica

    Alguns países já abandonaram os programas de melhoramento genético tradicionais, investindo na seleção genômica. Com o Clarifide Girolando, o Brasil começa a trilhar esse caminho para esta raça. As vantagens da seleção por meio da avalição genômica em relação à tradicional incluem menor custo dos procedimentos e rapidez nos resultados.

     Melhoramento tradicional

    No melhoramento tradicional, por meio do teste de progênie, os indivíduos são comparados com base na produção de leite das filhas:

    ·     O criador seleciona o touro que ele acredita ser o melhor.

    ·     O touro é submetido a um pré-teste durante cinco meses, quando alguns critérios como a produção e a qualidade do sêmen são avaliados.

    ·     Aprovado no pré-teste, o touro é inserido no teste de progênie propriamente dito.

    ·     Vacas de várias fazendas, que participam do programa, são inseminadas com o sêmen desse touro.

    ·     As filhas do touro nascem, crescem, reproduzem e começam a produzir leite.

    ·     Ao final da lactação, tem-se a produção da vaca.

    ·     As informações de interesse econômico coletadas durante este processo serão publicadas em um sumário, onde o touro será ranqueado.

    Avalição genômica

    No melhoramento por meio da avaliação genômica, os animais são selecionados pela bagagem genética contida no DNA:

    ·     O criador seleciona o touro que ele acredita ser o melhor.

    ·     Uma mostra do material biológico é coletada e enviada ao laboratório credenciado.

    ·     O criador recebe o valor genômico do touro (uma espécie de perfil genético do animal). De posse dessa informação, ele pode ou não inserir o touro em um programa de melhoramento.

    ·     A amostra também pode ser coletada de embriões fecundados in vitro (dez células) e o resultado irá embasar a decisão sobre quais embriões implantar para gestação.

    ·     A seleção genômica é aplicada ainda a fêmeas permitindo a identificação precoce de bezerras e novilhas superiores. O produtor tem mais segurança para decidir quais novilhas devem receber sêmen sexado ou ser doadoras de embrião.

     Sobre as instituições

    Zoetis

    A Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada aos clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de mais de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa vacinas e medicamentos veterinários, complementados por linhas de produtos para diagnósticos, testes genéticos e diversos serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais de produção e de companhia em mais de 100 países, com cerca de 9 mil funcionários. Em 2017, obteve faturamento de 5,3 bilhões de dólares.  Mais informações: www.zoetis.com.br

     Associação Brasileira dos Criadores de Girolando

    Com mais de 3 mil associados em todo o país, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando foi fundada em 20 de dezembro de 1978 por um grupo de pecuaristas da região de Uberaba/MG. Desde 1989, a entidade atua como delegada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a execução do registro genealógico e do Programa de Melhoramento Genético da raça Girolando (PMGG). Além da sede em Uberaba, conta com Escritórios Técnicos Regionais e Escritórios Técnicos Avançados em várias regiões do Brasil. Oriundo do cruzamento entre as raças Gir e Holandês, o gado Girolando é responsável por 80% do leite produzido no país. Mais informações: www.girolando.com.br

     CRV Lagoa

    Desde 1998, a CRV Lagoa faz parte da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético formada por 35 mil produtores, com 140 anos de história. Um dos setores da CRV na Holanda é a AEU (Animal Evaluation Unit), responsável pela pesquisa e desenvolvimento em avaliação genética e genômica oficiais nesse país. A AEU também representa cientificamente a Holanda no Icar (Interbull) e EuroGenomics. A CRV teve envolvimento direto nas primeiras pesquisas em genômica e desenvolvimento do chip 50K em bovinos. Além disso, presta serviços diversos a produtores e atua como empresa de inseminação artificial em vários países, inclusive Brasil. Mais informações: www.crvlagoa.com.br

    Embrapa

    A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA. Foi criada em 26 de abril de 1973 e tem como missão “viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira”.  Desde a sua criação a Embrapa buscou, juntamente com os seus parceiros do sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária, desenvolver um modelo de agricultura e pecuária tropical adaptado às condições brasileiras. Essa iniciativa é bem-sucedida uma vez que o Brasil possui uma das agriculturas mais sustentáveis e eficientes do mundo. Nas últimas décadas, o Brasil aumentou a produção de leite significativamente: em 1974, a produção de leite anual era de 7,1 bilhões L/ano e em 2016, a produção foi de 33,6 bilhões L/ano, significando um aumento de 7,7 vezes.

    Mais informações: www.embrapa.br

    Fonte: Zoetis / HDPR / Foto: Carlos Lopes



  • Pecuária competitiva é quebra de paradigma

  • Nada de fórmulas milagrosas. Tudo é trabalho, transpiração, interpretação de números e fatos, além de contínuo aprimoramento pessoal como empreendedor.

    + leia mais
  • Sucesso pressupõe trabalho além das porteiras

  • Projeto se constrói com muita gestão e espírito corporativo. Aos poucos ganha a condição de referência e vai rapidamente se expandindo levando toda uma cadeia produtiva.

    + leia mais
  • Temple Grandin: Práticas de bem-estar animal traz vantagens para o gado e para o pecuarista

  • Pesquisadora norte-americana Temple Grandin está no Brasil e fala sobre a preocupação com o bem estar animal e sua importância para obter-se mais produtividade na fazenda. Ela é uma das maiores autori

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites