• Projetos especiais
  • O Meio Rural e o Acesso à Informação

    23/01/2014
    As profundas transformações observadas no mundo rural, nos últimos trinta anos, geraram uma necessidade de adaptação, por parte dos produtores, a uma nova realidade em que a produção de subsistência deu lugar a um complexo sistema agroindustrial e as fronteiras entre rural e urbano tornaram-se, cada vez mais, tênues e difusas.

    internet ruralVerônica Crestani Viero*

    As profundas transformações observadas no mundo rural, nos últimos trinta anos, geraram uma necessidade de adaptação, por parte dos produtores, a uma nova realidade em que a produção de subsistência deu lugar a um complexo sistema agroindustrial e as fronteiras entre rural e urbano tornaram-se, cada vez mais, tênues e difusas. O conhecimento deixou de ser privilégio e tornou-se fator de desenvolvimento da agricultura. Nesse contexto a inclusão digital representa um canal privilegiado para o acesso à informação ? fonte de conhecimento ? e uma possibilidade de equalização de oportunidades para todos os segmentos da sociedade, seja ela urbana ou rural. Sendo assim, a difusão das tecnologias de informação e comunicação (TIC?s), especialmente da internet, tornou-se uma necessidade para o meio rural, tanto quanto já era para o urbano, visando atender a demanda por informações atualizadas e constantes. No que se refere às possibilidades aventadas pelas TICs para o meio rural pode-se destacar a extinção dos limites geográficos, a ampliação de horizontes e a incorporação de expectativas, a constituição de grupos de comercialização, o desenvolvimento de novas políticas públicas, o acesso facilitado a estimativas de safras e desempenhos nas bolsas de valores e commodities, a serviços bancários, as cooperativas de crédito e de produção, a educação a distância e a assistência técnica. Todavia, abolir as distâncias espaciais e oportunizar acesso universal às TICs ainda são promessas e, para isso, é necessário superar questões relativas aos custos de infraestrutura, à qualificação da população em termos de alfabetização digital e sua familiarização com a internet. Assim, Bernardo Sorj, autor do livro ?Brasil@povo.com?, afirma que a inclusão digital depende de cinco fatores. São eles: 1) A existência de infraestruturas físicas de transmissão. 2) A disponibilidade de equipamentos/conexão de acesso (computador, modem, linha de acesso). 3) Treinamento no uso de instrumentos do computador e da internet. 4) Capacitação intelectual e inserção social do usuário, produto da profissão, do nível educacional e intelectual e de sua rede social, que determina o aproveitamento efetivo da informação e das necessidades de comunicação pela internet. 5) A produção e o uso de conteúdos específicos adequados às necessidades dos diversos segmentos da população. Portanto, para a universalização do acesso à internet é necessário que sejam superadas as barreiras de infraestrutura, que dependem de investimentos público-privados, além da capacitação dos usuários e da disponibilização de conteúdos específicos para o meio rural. Este último ponto vem sendo gradativamente superado com o advento de portais e canais específicos para o público do Agronegócio.

    *Verônica Crestani Viero é Engenheira Agrônoma, Relações Públicas e Mestre em Extensão Rural pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), atua como Coordenadora de Ensino do Instituto Phytus.

    Fonte: Instituto Phytus

  • Projeto Campos do Araguaia busca adequação ambiental em propriedades do MT

  • O projeto irá apoiar a intensificação e restaurar de 130 mil hectares de pastagens no Médio Araguaia/MT. Serão realizadas adequação ambiental e intensificação sustentável em 50 propriedades rurais em

    + leia mais
  • Rally da Pecuária 2017 vai a campo em cenário de maior oferta

  • Produtores mais tecnificados tendem a manter ou até aumentar a rentabilidade apesar da queda nos preços

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (1)



  • Carlos A C Oliveira
  • Solicito informações de algumas área com pastoreio voisin, grato.

    Postado: 24/11/2014 21:10:00

    Criação de sites