• Nutrição
  • Oportunidades para reduzir o desperdício da silagem

    27/04/2015
    Certamente o maior custo de produção da silagem não é preço da terra, fertilizante, custo de plantio, semente, pesticida ou custo de colheita – é encolhimento.

    Marcelo Hentz Ramos*

    Com valor energético podendo ser similar ao do milho grão, o material desperdiçado representa um dos nutrientes mais valiosos no alimento. A magnitude da perda física e econômica do encolhimento associado à silagem demanda que este problema torne-se prioridade no manejo das fazendas, especialmente quando lucros estão difíceis.

    Alguma perda de matéria seca é inevitável até mesmo com o melhor manejo, mas tipicamente oportunidades para reduzir o encolhimento estão disponíveis. Para desenvolver uma estratégia para controlar o encolhimento, é importante entender onde e porque o encolhimento esta ocorrendo. Todas as três fases primárias de armazenamento da silagem: enchimento, fermentação e remoção, resultam em encolhimento, portanto cada fase precisa de atenção.

    Encolhimento durante o enchimento

    Na colheita, qualquer oxigênio que fica na silagem após a mesma ter sido colocada no silo será consumido pela atividade microbiana, o que diminui ingredientes importantes na silagem. Este processo também libera água, dióxido de carbono e calor na silagem com adição de microrganismos indesejáveis. Fatores de enchimento do silo como: umidade da colheita, taxa de enchimento, peso do trator de compactação, camadas de enchimento, ângulo de enchimento e outros fatores são importantes em minimizar o encolhimento neste estágio.

    Encolhimento por fermentação

    Durante a fermentação, açúcares são convertidos em ácidos orgânicos e este processo reduz o pH da silagem, o que causa a preservação da mesma. A eficiência em que esta conversão acontece é muito variável e grandemente determinada por microrganismos específicos que conduzem o processo. Bactérias homo fermentadores que produzem ácido lático são as melhores para realizarem este processo. Entretanto, bactérias presentes na planta podem competir com bactérias produtores de ácido lático e consumir os açúcares disponíveis.

    A utilização de um inoculantes provado pela ciência é benéfica neste momento da silagem para aumentar a eficiência de conversão de açúcares em ácidos orgânicos. A aplicação de um inoculante efetivo na silagem durante este processo irá ajudar bactérias produtores de ácido lático proliferar e dominar a população presente no silo. Certamente como as bactérias presentes na planta durante a colheita, inoculantes disponíveis variam em eficiência e presença de bactérias como também outros aditivos.

    Encolhimento na remoção

    Experimentos realizados em universidades concluem que metade ou mais da perda de matéria seca do silo ocorre nesta fase quando a silagem é exposta ao oxigênio. Leveduras aeróbicas e bactérias que permanecem dormentes durante a fase anaeróbica irão sair da fase de dormência e consumir nutrientes importantes da silagem. O pH também começa a subir com o aumento de exposição ao oxigênio, o que ajuda o crescimento de fungos.

    Entendemos nestes pontos discutidos no artigo que o encolhimento da silagem é um fator importante e precisa ser monitorado na fazenda. O gerente precisa entender como cada uma das fases discutidas acima está sendo realizada na fazenda e certamente pensar sobre a utilização de um inoculante para ajudar a evitar a perda por encolhimento.

    Adaptado de: Opportunities for savings with less silage shrink. Progressive Dairyman, abril de 2015

    (*) Marcelo Hentz Ramos é PhD e diretor do 3RLab

    Fonte: 3RLab / Rural Centro

     


  • Por uma nova pecuária brasileira

  • O livro Carne e Osso lançado em 2015 pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne traz um relato inédito sobre as origens e a evolução da indústria da carne brasileira, a reboque da

    + leia mais
  • Agro tem papel de destaque na preservação ambiental

  • Cálculos do Grupo de Inteligência Territorial Estratégica (Gite) da Embrapa, a partir das análises de dados geocodificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR), mostram significativa participação da agri

    + leia mais
  • iLPF proporciona estabilidade da oferta de forragem na propriedade leiteira

  • A região de Unaí, no Noroeste de Minas Gerais, é uma das principais bacias leiteiras do estado. Além do período da seca, a forte influência de veranicos e as altas temperaturas durante as águas são um

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites