• Raça
  • Parceria público-privada garante avanço tecnológico na seleção genômica do gado Girolando

    22/05/2014
    Projeto resultará na genotipagem do gado Girolando e permitirá aos pecuaristas adotarem métodos que garantem melhores critérios de seleção, acasalamento e descarte.

    Zoetis, CRV Lagoa e Embrapa Gado de Leite firmaram um consórcio para o desenvolvimento de ferramentas de seleção genômica específicas para a raça de gado leiteiro Girolando – resultado do cruzamento entre as raças Gir Leiteiro e Holandesa. Os marcadores genéticos resultantes desse projeto permitirão aos pecuaristas a adoção de métodos de genotipagem para aprimorar a produção do gado leiteiro.

    Cerca de 12 mil animais da raça Girolando e 6 mil da raça Holandesa terão seu DNA  sequenciado com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, que coletará o DNA dos animais cadastrados. “A participação da Associação como apoiadora do projeto é fundamental, pois terá a oportunidade de prestar assistência técnica e ensinar os produtores a usarem a tecnologia – um momento de profissionalização do setor e, principalmente, da Associação”, afirma Marcos Vinicius Gualberto da Silva, pesquisador da Embrapa Gado de Leite.

    O projeto, concebido incialmente pela Embrapa Gado de Leite, contemplava a genotipagem, por meio de microarranjos de DNA de cerca de 5,5 mil animais, entre reprodutores e matrizes. Entretanto, com base no interesse das empresas em estabelecer parcerias para acelerar e fortalecer a geração de resultados, tanto tecnológicos quanto na inserção de produtos no mercado lácteo, a Embrapa lançou um Edital de Chamamento Público, permitindo que a Zoetis e CRV Lagoa – após atenderem todos os requisitos necessários para o consórcio -, fizessem parte da parceria público-privada. “Com a participação da Zoetis e da CRV Lagoa, aumentamos em 50% o número de animais avaliados no projeto, adquirimos e implementamos um novo software, além de reforçarmos a nossa capacidade científica com o envolvimento das equipes técnicas das empresas. Com isso, o índice de confiança nos resultados aumentará significativamente”, explica Silva.

    Com essa parceria, a Zoetis reafirma o seu compromisso com a genômica ao trazer para o pecuarista informações antecipadas sobre o potencial genético bovino das principais raças brasileiras da pecuária de corte e leite. “O produtor pode contar com as ferramentas de seleção genéticas CLARIFIDE 2.0, CLARIFIDE Gado de Leite (Holandês, Jersey e Pardo-Suíço) e o CLARIFIDE Angus, da Zoetis. Por meio desse projeto, seremos capazes de desenvolver marcadores genéticos para gado leiteiro Girolando, permitindo que os criadores possam tomar as melhores decisões de seleção, acasalamento e descarte, agregando valor aos animais”, afirma Priscila Barros Lorenzo, gerente de Marketing e Vendas da Zoetis.

    Para a CRV Lagoa, empresa do grupo CRV – cooperativa belgo-holandesa com 140 anos de história, que possui programas de melhoramento genético em rebanhos de corte e leite em países da Oceania, Europa, nos Estados Unidos e no Brasil, com investimentos na área genômica desde 1994 -, a parceria representa uma extensão e, principalmente, o aprimoramento de sua oferta de produtos de altíssimo valor agregado ao mercado. “A CRV Lagoa acredita no crescimento da pecuária leiteira nacional, especialmente proveniente do Girolando. A participação no projeto demonstra o nosso comprometimento com a evolução genética da raça, gerando maior precisão, velocidade de seleção e resultados sustentáveis ao produtor. Esses benefícios irão ampliar e potencializar a oferta de genética com qualidade superior aos produtores do Brasil e da América Latina.”, destaca Wiliam Tabchoury, Gerente do Departamento de leite da CRV Lagoa.

    A iniciativa da formação desse consórcio entre a CRV Lagoa, Zoetis, EMBRAPA e a Associação Girolando, ocorreu pelo completo alinhamento das missões e dos negócios de cada um dos envolvidos. “Acreditamos que a seleção genômica na raça Girolando contribuirá com o desenvolvimento de toda a cadeia láctea, oferecendo recursos para a seleção de animais mais produtivos e longevos, agregando eficiência para a pecuária leiteira nacional. Em breve a tecnologia estará disponível ao mercado e estamos orgulhosos com a nossa contribuição para o crescimento da raça Girolando e da produção de leite no Brasil”, salienta Tabchoury.

    Todo produtor que mantiver um programa de melhoramento genético em sua propriedade – seja ele pequeno, médio ou grande – poderá se beneficiar dessa tecnologia de marcador genético específico para gado Girolando. Por meio dessa tecnologia, os produtores poderão, por exemplo, ranquear os animais e selecionar aqueles com melhor desempenho genético; aplicando diferentes técnicas de gestão com os demais. Os marcadores genéticos estarão disponíveis ao mercado em, aproximadamente, 18 meses.

    Girolando: destaque na produção leiteira do País – de acordo com dados da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, o Brasil é o 6º produtor mundial de leite, com aproximadamente 25 bilhões de litros. O País é o responsável por 70% do volume total de leite produzido no Mercosul e possui o terceiro rebanho de vacas leiteiras do mundo, cerca de 15 milhões de cabeças – sendo, em sua maioria, da raça Girolando.

     Sobre a Embrapa Gado de Leite 

    A Embrapa Gado de Leite é uma das unidades descentralizadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa. Foi criada em 1976 e está sediada em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais. Conduz suas atividades também em outras bases físicas como o Campo Experimental de Coronel Pacheco (Coronel Pacheco – MG) e o Campo Experimental Santa Mônica (Valença – RJ) ou em parceria com as organizações estaduais de pesquisa, universidades e empresas privadas.

    Para atender com mais eficiência todo o território nacional, a Embrapa Gado de Leite expandiu a sua área de atuação com a criação de Núcleos Regionais de Pesquisa e Transferência de Tecnologia para o Setor Leiteiro. Os Núcleos estão instalados em algumas das principais bacias leiteiras do País. No início de 2000 entrou em funcionamento o Núcleo Centro-Oeste, em Goiânia – GO. Em 2001, foram instalados os Núcleos Nordeste (Aracaju-SE) e Sul (com polos em Londrina – PR e Pelotas – RS). Dessa forma, a empresa leva sua pesquisa, tecnologias e conhecimentos para as regiões estratégicas de produção de leite no País.

    A Embrapa Gado de Leite tem como missão viabilizar soluções para o desenvolvimento sustentável do agronegócio do leite, com ênfase no segmento da produção, por meio de geração, adaptação e transferência de conhecimentos e tecnologias, em benefício da sociedade.

    Fonte: CDN

     


  • Grupo Matsuda encerra celebração dos 70 anos na Unidade de Goiânia (GO) com anúncio de mais uma parceria nelorista

  • O ponto alto da festa foi o anúncio de mais uma parceria com os produtores neloristas. Dessa vez, a aliança da marca se deu com a entidade goiana do Nelore, a ACNG – Associação dos Criadores de Nelore

    + leia mais
  • A vez delas também na pecuária

  • Estamos falando das fêmeas bovinas como fiel da balança na hora de melhorar a rentabilidade do negócio. Na cobertura a campo, predominante na pecuária nacional, produzem em média 28 filhotes por ano,

    + leia mais
  • Uma nova revolução

  • Eficiência alimentar passa a ser grande preocupação dos principais selecionadores de bovinos do País. A característica promete conferir maior competitividade à produção de carne vermelha.

    + leia mais
  • Genética no tempo, sem artificialismos

  • Respeitando a fixação de características no rebanho ao longo do tempo sem quaisquer maquiagens nas informações observadas e coletadas no campo.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (1)



  • Anisio Ribeiro
  • Comprei 28 novilhas gado girolando, de qual raça poderia adquirir sêmen para vir bezerras ou bezerros para gado leiteiro. Se posso adquirir de zebú, caracu ou guzera?

    Postado: 06/06/2017 09:06:00

    Criação de sites