• Conjuntura
  • PIB do agronegócio cresceu 3,43% nos primeiros oito meses de 2016

    28/11/2016
    Estudo da CNA/Cepea mostra que setores agrícola e pecuário tiveram valorização real dos preços

    O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro cresceu 3,43% nos primeiros oito meses de 2016, em comparação com o mesmo período do ano passado.  A avaliação é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

    No levantamento, tanto o setor agrícola quanto o pecuário tiveram valorização real dos preços, fator que tem sido fundamental para o desempenho positivo do agronegócio este ano.

    No mês de agosto, especificamente, o setor agrícola cresceu 0,69% e o pecuário 0,72%, fazendo com que o agronegócio tivesse crescimento de 0,7% no período.

    De janeiro a agosto de 2016, em comparação ao mesmo período do ano passado, o desempenho foi positivo em todas as áreas avaliadas pelo estudo. No caso da pecuária, o setor de insumos cresceu 1,03%, o primário 0,83%, serviços 0,55% e a indústria 0,37%.

    Confira a análise completa no Boletim PIB: http://www.cnabrasil.org.br/boletins/boletim-pib-produto-interno-bruto-do-agronegocio-cresceu-343-ate-agosto-novembro-2016

    Fonte: CNA



  • Cenário Econômico para o Comércio Exterior em 2020

  • O ano de 2019 não poderia ter uma notícia mais impactante para o Comércio Exterior: a “trégua” na discussão comercial acirrada entre EUA e CHINA.

    + leia mais
  • Rondônia bate o pé e não vai vacinar contra a febre aftosa

  • Entenda a decisão do governo de não esperar pelo Acre.

    + leia mais


  • Escreva um comentário



  • *

    *
    *





  • Comentários (0)



  • Criação de sites