• Notícias
  • Precisamos de um planejamento estratégico do agronegócio brasileiro para salvar o Brasil

    12/05/2020
    Planejamento estratégico, sim.

    O agro nacional precisa de planejamento estratégico.

    Instrumento vital da administração onde reunimos todas as partes, integramos os retalhos para fazer uma colcha, seguimos o design thinking e criamos cenários e metas para cada cadeia produtiva brasileira do “a” do abacate ao “z” do zebu.

    Abacate, beterraba, banana, borracha, cana, cebola, cacau, e até a carambola, sem esquecer da jabuticaba.Cada uma delas um potencial de riqueza, jamais esquecendo dos elos da agroindústria, do comércio, da ciência. E com metas de um plano de negócios.

    Se vendemos para o exterior US$ 2,5 bilhões, e temos apenas 3% das exportações de suco de laranja para a China, precisamos ter no plano a meta de vendermos US$ 4 bilhões em x anos, com o que precisará ser feito para isso. Se fizermos esse planejamento estratégico de todo agronegócio do Brasil, vamos salvar o país, a economia e a sociedade brasileira de uma das maiores crises da nossa história.

    Todo mundo fala e ninguém para pra planejar integrando a agropecuária, a indústria, o comércio, os serviços, a ciência e a educação. E ao fazer isso, iremos envolver, com certeza, direta e indiretamente 70% de todo PIB do Brasil e da sua população. Reúnam IEA, Esalq e demais academias do país, FGV Agro, Fia Pensa, Insper, Fatec, Shunji Nishimura, Fecap/Audencia, Cosag, CNA, CNI, CNC, CNCoop, CN sistema financeiro, Itamarati, Abia, Abras, Abag, Ministérios da Agricultura, Economia e Indústria, Infraestrutura, Meio Ambiente, Embrapa, Ital, Instituto Biológico, os presidentes das 20 maiores corporações do agro nacional, das cooperativas.

    Reúnam os melhores talentos brasileiros, criem um comitê de planejamento estratégico do agro nacional, tragam todas as cadeias produtivas para um plano com metas de desenvolvimento  e negócios. E vamos criar uma “operação Manhattan”, não para fazer uma bomba atômica, mas para dar consistência e dignidade ao novo Brasil, desde já até a pós Covid-19.

    Planejamento estratégico do agro nacional, a governança para  até salvar o próprio governo.

    Jose Luiz Tejon para Jovem Pan.

  • Setor de genética questiona aumento do ICMS

  • Documento entregue aos legisladores de São Paulo pede a retificação deste incremento

    + leia mais
  • Consórcio de leguminosa e gramínea resulta em aumento de ganho de peso de bovinos e mitigação de gases de efeito estufa

  • Com um ano, pesquisas com pastagens consorciadas já apontam dados positivos para pecuária

    + leia mais


  • Criação de sites