• Nutrição
  • Suplementação mineral permite maior desempenho para bezerros

    31/07/2015
    O leite, como a principal forma de alimento para os bezerros fornece quase todos os nutrientes essenciais para a vida destes animais. A partir do segundo mês de vida de um bezerro, o leite materno já não é capaz de suprir 100% de suas exigências, para que se possa obter o máximo desempenho deste animal até a sua desmama.

    No entanto, dentro do sistema de produção de bovinos de corte, a taxa de desmama e a quantidade de quilos de bezerros desmamados por vaca ano influenciam diretamente a eficiência e a rentabilidade financeira da atividade, pois quanto mais pesado for o peso ao desmame, menor será tempo de abate e assim melhor será seu valor de venda.

    Até os dois meses de idade, água e leite passam diretamente para o Abomaso, que é conhecido como estomago verdadeiro, após esta idade há a necessidade que o bezerro passe a ingerir fibras, afim de promover o desenvolvimento do rúmen, local responsável pelas fermentações microbianas, tão importante na vida adulta dos animais.

    Uma das formas de se aumentar o peso à desmama é através do creep-feeding, também conhecido como cocho privativo, local este onde somente os bezerros tem acesso, sem a necessidade da separação ou apartação de suas mães, ou seja, estando o bezerro ainda mamando podemos fornecer uma alimento rico em proteína, energia minerais como Zinco, Cobre, Selênio, Manganês, Fósforo e outros, e aminoácidos.

    O creep-feeding é um sistema composto por um cocho de suplemento mineral, que deve ser preferencialmente coberto, tendo ao seu redor um cercado de madeira ou mesmo arrame liso a três metros de distância, de forma a dar acesso somente aos bezerros e sempre deve estar próximo do cocho de suplemento mineral das vacas e da aguada. Com isso, é possível que se forneça um suplemento mineral proteico energético exclusivamente para estes animais. O que traz como benefícios bezerros menos dependentes das mães, maior peso ao desmama, possibilita uma desmama precoce e melhor taxa de retorno ao cio das vacas. 

    Para atender às necessidades do produtor no manejo nutricional e na produção de bezerros, o Grupo Matsuda possui formulações específicas de suplementos minerais, proteicos e energéticos para bovinos de corte e de leite, atendendo as estações do ano.

    Dentro de um sistema de creep-feeding, o mais importante é que se forneça produtos específicos, tanto para o período chuvoso quanto para o período seco, pois estes tem a função não somente de mineralizar, mas de acelerar o desenvolvimento do trato digestório dos bezerros, tornando-os um ruminante ativo mais rápidamente. Para isso o Grupo Matsuda mantém à disposição do produtores rurais, formulações como Matsuda Top Bezerro Inicial, Matsuda Top Bezerro Precoce, Matsuda Top Bezerro e Matsuda Top Bezerro Desmama, que não suplementos minerais proteico energético prontos para uso, específicos para animais em sistemas de Creep-Feeding.

    Sobre a Matsuda

    O Grupo Matsuda, que em 2015 está completando 68 anos de tradição no segmento da pecuária, atua na pesquisa, produção e comercialização de sementes para pastagens, suplementos minerais, inoculantes para silagem, equipamentos agrícolas, produtos veterinários e rações para pet, estando presente com unidades fabris em regiões estratégicas do País, como Cuiabá (MT), São Sebastião do Paraíso (MG), Vitória da Conquista (BA), Álvares Machado (SP), Goianira (GO) e Imperatriz (MA), além de centros de distribuição e representantes em todo o País. A empresa é líder do setor de sementes para pastagens no Brasil e já está presente em mais de 23 países, entre América do Sul, Central, Europa e Ásia.

    Fonte: Taxi Blue Comunicação Estratégica



  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

  • CAP disponibiliza curso gratuito de proteção de ruminantes e equinos em transporte de longa duração

    + leia mais
  • Starrett troca plástico por papelão nas embalagens de Serra Manual e eliminará o consumo de 7,9 toneladas do material ao ano

  • Substituição reduzirá ainda em 25% as emissões de CO2; Objetivo da empresa é que todas as suas embalagens sejam sustentáveis

    + leia mais
  • IICA e Fundo Verde do Clima fecham parceria de US$ 100 milhões para projetos de redução das emissões de metano nas Américas

  • Para secretário de Inovação do Mapa, Fernando Camargo, iniciativa pode ajudar países a cumprirem meta de diminuir as emissões de metano na pecuária

    + leia mais
  • Lei de pagamento por serviços ambientais é incentivo para cuidar do pasto

  • Pesquisadores da Embrapa destacaram a ligação entre das boas práticas de manejo do pasto e a nova lei de pagamento por serviços ambientais

    + leia mais


  • Criação de sites