• Notícias
  • Venda de terneiros em remates virtuais é monitorada no Rio Grande do Sul

    15/05/2020
    Balanço deverá ser divulgado a cada 15 dias pela equipe do NESPro/UFRGS; confira a tabela com as médias por categorias.

    O Núcleo de Estudos em Sistemas de Produção de Bovinos de Corte e Cadeia Produtiva (NESPro) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) está monitorando a comercialização de terneiros no formato virtual em território gaúcho.

    O primeiro balanço, produzido pela equipe do NESPro e referente a transmissão de eventos pela TV e internet entre os dias 22 de abril a 3 de maio, já foi finalizado (veja tabela abaixo); os resultados deverão ser divulgados a cada 15 dias.

    “Imaginava que tivéssemos menos animais agora, mas a facilidade de operacionalizar a comercialização começa a determinar um crescimento nas vendas. Observo que está ocorrendo uma boa adaptação do mercado, inicialmente mais favorável ao comprador”, avalia o médico veterinário Júlio Barcellos, coordenador do NESPro.

    Recentemente, o núcleo da UFRGS apresentou ao mercado uma cartilha com estratégias aos pecuaristas gaúchos, visando o melhor aproveitamento das oportunidades no ambiente digital, durante o tradicional período de oferta da safra de bezerros, que se estende até julho.

    “Não monitoramos apenas os preços, estudamos outros elementos. O importante é conhecer os mecanismos que estão ligados a esse tipo de canal de comercialização, como estratégias de marketing, fornecimento de informações, entre diversos fatores”, explica Júlio.

    O projeto prevê o acompanhamento virtual do leilão, coletando dados dos vendedores, compradores, destino dos animais, características dos animais (raça, sexo, peso, lote, uniformidade), estratégias de marketing dos vendedores e leiloeiras.

    Acompanhe os resultados dos principais pregões de todo o Brasil no Jornal de Leilões.

     



  • Sistemas integrados podem minimizar efeitos adversos da geada

  • Em Naviraí, no Mato Grosso do Sul, as árvores em sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) protegeram 100% da pastagem

    + leia mais
  • Deputado pede suspensão de medida que autoriza abater vacas prenhas

  • Projeto de Decreto Legislativo pede que seja sustada a aplicação de artigo em portaria do Ministério da Agricultura sobre abate humanitário de bovinos

    + leia mais


  • Criação de sites