Dobradinha milho/sorgo pode reduzir riscos na segunda safra

A escassez de chuvas e/ou precipita├ž├Áes irregulares no Brasil Central entre setembro e outubro foram suficientes para ligar o sinal de alerta entre os produtores brasileiros. Sem condi├ž├Áes ideais de cultivo em sequeiro, muita gente teve de atrasar a entrada da soja (safra de ver├úo), o que, em princ├şpio, poderia comprometer a segunda safra caso se levasse em conta apenas o cultivo do milho. No entanto, a possibilidade de uso do sorgo gran├şfero ap├│s a colheita da soja plantada mais tardiamente, pode reduzir sensivelmente este risco, funcionando como uma esp├ęcie de ÔÇťesteioÔÇŁ ou ÔÇťseguroÔÇŁ para o agricultor, abrindo a possibilidade de maior rentabilidade para todo o sistema.

TECNOLOGIA NO AGRONEG├ôCIO: O QUE SER├ü TEND├ŐNCIA EM 2023?

Uso de imagens, intelig├¬ncia artificial, ferramentas de automa├ž├úo e monitoramento devem ter avan├žos significativos em 2023. Tudo isso depende, no entanto, de mais conectividade A previs├úo de safra recorde de gr├úos ÔÇö o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat├şstica (IBGE) estima uma produ├ž├úo de 288,1 milh├Áes de toneladas ÔÇô e o crescimento no Produto Interno […]