Escolha de sementes influencia na produtividade da pastagem

A disponibilidade de sementes de forrageiras ├ę essencial e condicionante da sustentabilidade de sistemas de explora├ž├úo da pecu├íria baseados em pastagens cultivadas. Hoje, o mercado brasileiro dessas sementes movimenta, anualmente, mais de 250 milh├Áes de d├│lares e gera cerca de 50 mil empregos no pa├şs. As sementes oriundas de cultivares lan├žadas pela Embrapa representam 60%, sendo 48% de braquiar├úo (capim-marandu) e 12% de momba├ža e tanz├ónia.

Intelig├¬ncia artificial torna mais preciso o mapeamento da intensifica├ž├úo agr├şcola do Cerrado

Metodologia pioneira, desenvolvida com suporte da Intelig├¬ncia Artificial (IA), permitiu o alcance de um n├şvel de acur├ícia de at├ę 97%, quando aplicada em an├ílises de imagens de sat├ęlite do Cerrado do munic├şpio de Sorriso (MT), um dos principais produtores agr├şcolas do Pa├şs. A acur├ícia ├ę um aspecto relevante nos levantamentos realizados por meio de sensoriamento remoto.

Metodologia pioneira foi desenvolvida com algoritmos de classifica├ž├úo digital de imagens de sat├ęlites baseados em Intelig├¬ncia Artificial (IA). Aplicada em an├ílises de imagens do Cerrado do munic├şpio de Sorriso (MT), permitiu acur├ícia de at├ę 97%.Tal precis├úo favorece estudos e monitoramento relacionados ao uso da terra e ├á pr├ítica da intensifica├ž├úo agr├şcola. A abordagem diferenciada da metodologia, marcada pela harmoniza├ž├úo de dados Landsat e Sentinel-2, al├ęm da utiliza├ž├úo dos algoritmos, viabilizou a identifica├ž├úo de ├íreas com at├ę tr├¬s safras no mesmo ano agr├şcola, o que n├úo ├ę comum na maioria dos mapeamentos existentes. A metodologia foi desenvolvida por pesquisadores da Embrapa, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e Universidade Federal de Uberl├óndia (UFU). O trabalho est├í publicado na revista International Journal of Geo-Information (IJGI). Detalhes da metodologia, resultados e mapas gerados podem ser consultados no Reposit├│rio de Dados de Pesquisa da Embrapa (Rodap├ę).

Novo protocolo antecipla ciclo reprodutivo de fêmeas bovinas de corte

A Embrapa apresenta ao setor produtivo o protocolo Embrapa +Precoce P14, para melhorar a efici├¬ncia reprodutiva de novilhas Nelore de 14 meses, precoces, sem prejudicar o desempenho produtivo.┬áA precocidade ├ę um dos mais importantes par├ómetros de escolha para melhoria da qualidade da carne e de efici├¬ncia de sistemas de produ├ž├úo de bovinos de corte. Por potencializar os ├şndices produtivos, aumenta a arroba produzida por hectare. A tecnologia foi apresentada durante a sexta edi├ž├úo do Simp├│sio Repronutri, nos dias 12 e 13 de setembro, em Campo Grande, MS. Al├ęm do aumento na taxa de prenhez, a ado├ž├úo do P14 indica, como meta, alcance de peso corporal de no m├şnimo 260 kg no in├şcio da esta├ž├úo reprodutiva, e de cerca de 400 kg no parto.┬á

Tecnologia ├ę capaz de prever rebanhos bovinos com carne de alta qualidade

O IRC mede o m├ęrito econ├┤mico de reprodutores em rela├ž├úo ├á capacidade de produzir descendentes com carca├žas de maior valor agregado.Para isso, ├ę usado um modelo bioecon├┤mico que relaciona informa├ž├Áes sobre o crescimento dos animais e as medidas de qualidade da carca├ža.O novo ├şndice foi inserido no programa de melhoramento gen├ętico das ra├žas Hereford e Braford, o PampaPlus.A expectativa ├ę que impacte toda a cadeia com ganhos consider├íveis, com a venda de animais, agrega├ž├úo de valor ├ás mat├ęrias-primas e produtos de alto padr├úo para o consumidor.A tecnologia ser├í lan├žada na 46┬¬ edi├ž├úo da Expointer, que ocorre em Esteio, de 26 de agosto a 3 de setembro.

Plantio direto a lan├žo acelera a recupera├ž├úo de pastagens degradadas

Pesquisas realizadas pela Embrapa com produtores do Acre apontam que o plantio direto com semeadura a lan├žo possibilita recuperar a capacidade produtiva de pastagens degradadas com maior agilidade, menor investimento financeiro e sustentabilidade. Al├ęm de reduzir pela metade o tempo para forma├ž├úo e estabelecimento da pastagem, essa modalidade de plantio proporciona economia de at├ę 15% no custo do processo de reforma e diminui os impactos ambientais da atividade pecu├íria.

A tecnologia que agricultores estão usando para tentar salvar as abelhas

No calor escaldante da manh├ú, Thai Sade escova os abacateiros que em breve vai polinizar artificialmente. Baseado em um moshav, ou fazenda coletiva, no centro de Israel, Sade ├ę o fundador da empresa de tecnologia BloomX.

Ele diz que a empresa encontrou uma maneira de polinizar mecanicamente as planta├ž├Áes de maneira semelhante ├ás abelhas.

#Webs├ęrie Reformar ou Recuperar as pastagens: eis a Quest├úo A import├óncia da Escolha da Melhor Semente Forrageira na Reforma de Pastagens Degradadas

A reforma de pastagens degradadas ├ę um processo essencial para a recupera├ž├úo da produtividade, qualidade e sustentabilidade da pecu├íria. Durante essa jornada de restaura├ž├úo, diversas etapas s├úo adotadas, desde o diagn├│stico at├ę a implementa├ž├úo das t├ęcnicas de manejo adequadas. No entanto, um aspecto muitas vezes negligenciado, mas de extrema import├óncia, ├ę a escolha da melhor semente forrageira. Essa etapa final ├ę crucial para garantir o sucesso da reforma, considerando as condi├ž├Áes edafoclim├íticas de cada regi├úo.A reforma de pastagens degradadas ├ę um processo essencial para a recupera├ž├úo da produtividade, qualidade e sustentabilidade da pecu├íria. Durante essa jornada de restaura├ž├úo, diversas etapas s├úo adotadas, desde o diagn├│stico at├ę a implementa├ž├úo das t├ęcnicas de manejo adequadas. No entanto, um aspecto muitas vezes negligenciado, mas de extrema import├óncia, ├ę a escolha da melhor semente forrageira. Essa etapa final ├ę crucial para garantir o sucesso da reforma, considerando as condi├ž├Áes edafoclim├íticas de cada regi├úo.

Gordura de laborat├│rio ├ę aposta da startup Cellva para revolucionar alimenta├ž├úo

Na gastronomia brasileira, a banha de porco ├ę um dos ingredientes mais tradicionais que existem ÔÇô al├ęm de ser usada para cozinhar e fritar alimentos, a banha tamb├ęm j├í foi bastante utilizada como conservante em carnes, por exemplo. Mas h├í quem esteja de olho em rever essa tradi├ž├úo de maneira mais tecnol├│gica. ├ë o caso da startup┬áCellva, que trabalha atualmente no desenvolvimento de gordura cultivada em laborat├│rio: um produto cuja base s├úo c├ęlulas extra├şdas de porcos e alimentadas dentro de biorreatores, sem necessidade de abater o animal.

Que tal um churrasco l├şquido, neste finde? D├í para engolir este convite?

A ind├║stria frigor├şfica est├í apostando no desenvolvimento da carne de laborat├│rio, tamb├ęm conhecida como carne cultivada, como uma alternativa para o futuro. Esse produto ├ę criado a partir das primeiras c├ęlulas e pode ter uma textura semelhante ├á carne convencional ou at├ę mesmo formatos diferentes. No entanto, essa nova forma de carne ainda n├úo estar├í presente no pr├│ximo churrasco. O agroneg├│cio mundial j├í investiu US$ 1,9 bilh├úo desde 2016 nessa tecnologia, e o Brasil est├í na vanguarda da pesquisa e produ├ž├úo. A previs├úo ├ę de que a carne de laborat├│rio comece a ser vendida no pa├şs a partir de 2024, mas em quantidades limitadas.