julho 23, 2024

Como as altas temperaturas afetam a bovinocultura leiteira?

Entenda como diminuir a temperatura que afeta o manejo da bovinocultura de leite com redução da produção em até 20%. Existem vários métodos que podem ser implementados em todos os tamanhos e tipos de propriedades rurais. Entre as indicações de promoção do bem-estar animal está a adequação da temperatura dos bovinos. As mudanças climáticas afetam muito a reprodução, principalmente, a fertilidade das vacas.

Promover uma melhora na sensação térmica para elas, por meio de um sistema de resfriamento corporal, inibe esse problema na propriedade. Existem métodos bem simples, como a plantação de árvores no pasto, onde as vacas podem se abrigar do sol nos horários mais quentes. E também as estruturas que demandam mais investimentos. Entre elas, a climatização e galpões com ventiladores próprios para resfriar  ambientes.

manejo da bovinocultura de leite
Foto: Fazenda Ponte Alta

Como amenizar a temperatura no  manejo da bovinocultura de leite 

Uma das técnicas mais comuns aplicadas em países tropicais ou de tempo seco e quente é molhar as vacas e depois ventilá-las. A água entra no pelo, faz a troca de calor com o corpo e a ventilação seca essa água, o que previne casos de gripe e pneumonia. É preciso realmente molhar a vaca, não deixá-la apenas úmida. Só assim a sensação térmica será alterada.

Esse sistema citado acima não desperdiça água, além de não molhar o alimento oferecido no cocho. As altas temperaturas fazem com o gado consuma menos ração, e, consequentemente, reduz a produção de leite em 20%, segundo estudo israelense. A temperatura ideal para o ambiente das vacas-leiteiras é entre -5 °C a 22 °C, mas se o produtor reparar, os animais ficam expostos a temperaturas bem maiores que estas em nosso país.

Algumas técnicas exigem investimento em maquinário, porém esse valor pode ser reposto com produção normalizada, a partir dessas implementações. Muitos produtores ainda têm receio de investir em tecnologia e preferem aplicar métodos tradicionais para solução de alguns problemas na propriedade.Porém, novos equipamentos podem auxiliar e facilitar o manejo e também aumentar a produtividade, proporcionando maior lucratividade. Alguns sistemas já disponíveis no mercado amenizam o calor, enquanto os animais se alimentam. Por meio de chuveiros adaptáveis, o gado é molhado de forma agradável.

Cuide do manejo por completo 

Além de cuidar da temperatura, o manejo da bovinocultura de leite exige outros cuidados. Mais que cuidar da higiene na ordenha que evita doenças e contaminação do leite, foque no que é servido no cocho. Faça a própria ração do seu gado: Ração para gado de leite: aprenda como fazer. Além de uma boa ração, os suplementos fazem parte da rotina das vacas leiteiras. Vá além do sal mineral e do sal proteinado. Passe a incluir a monensina sódica na sua rotina. Os benefícios são muito. Na qualidade do leite e também na saúde das vacas.

Fonte: Boi Saúde

Curadoria: Marisa Rodrigues para o Portal Boi a Pasto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp