poodlepomeraniandextools trendingdextools trending botfront run botdextools trending costdextools trending servicepancakeswap botcreate openbook market idNewseskişehir televizyon tamirHair TransplantDiş eti ağrısıAntika mobilya alanlarwordpress en iyi seo eklentileridextools bothttps://www.orneknakliyat.comdextools trending algorithmcoinmarketcap trending botpinksale trending botGaziantep uygun evden eve taşımaantika alanlarköpek ilanlarıMedyumeskişehir evden eve nakliyatantika alanlarEtimesgut evden eve nakliyathayır lokmasıpendik evden eve nakliyatbeykoz evden eve nakliyatdarıca evden eve nakliyateskişehir protez saçavcılar lokmacıankara ofis taşımacılıgıankara parca esya tasımatuzla evden eve nakliyatAnkara implant fiyatlarımersin evden eve nakliyatodunpazarı emlakmersin evden eve nakliyatığdır evden eve nakliyatmarsbahiscasibomseo çalışmasıistanbul hayır lokmasıvalizweb sitesi yapımıçekici ankaragoogle adsbeykoz evden eve nakliyatAntika alan yerlerEtimesgut evden eve nakliyateskişehir web sitesiMedyumMedyumlarEtimesgut evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatantika alanlarmamak evden eve nakliyatcasibomankara evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatçankaya evden eve nakliyatistanbul saç ekimiEtimesgut evden eve nakliyatniğde evden eve nakliyateskişehir emlakgoogle ads çalışmasıtuzla evden eve nakliyateskişehir uydu tamirtomi club maldivespoodle

abril 25, 2024

Mudanças climáticas: por que ‘brilho’ da Terra está diminuindo, segundo cientistas

Além de alimentar inundações e secas mortais, fenômeno é citado como causa de efeitos estranhos, como explosões espontâneas no permafrost siberiano e escassez de mostarda.

Mudanças climáticas: por que ‘brilho’ da Terra está diminuindo, segundo cientistas — Foto: GETTY IMAGES

Muitos dos impactos das mudanças climáticas são devastadores. Alguns são estranhos.

Além de alimentar inundações e secas mortais, as mudanças climáticas são citadas como causa de explosões espontâneas no permafrost siberiano, escassez de mostarda e o planeta ficando mais escuro.As mudanças climáticas podem estar, por exemplo, diminuindo o “brilho” da Terra, de acordo com cientistas do Big Bear Solar Observatory, em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

Ao medir a luz solar refletida da Terra para a parte escura da Lua à noite, os cientistas mediram o que eles chamam de “brilho” do planeta – basicamente, a refletividade da Terra.

Os estudos sugeriram que a cobertura de nuvens baixas sobre o leste do Oceano Pacífico está diminuindo devido ao aquecimento da temperatura do oceano.

Como essas nuvens agem como um espelho, refletindo a luz do Sol de volta para o espaço, sem elas, essa luz refletida diminui.

Então, de acordo com esses cientistas, podemos realmente estar tirando o brilho do nosso planeta.

Lua crescente com a parte escura da Lua levemente iluminada pelo ‘brilho da terra’ — Foto: GETTY IMAGES

Explosões

Crateras gigantes no degelo do permafrost siberiano foram atribuídas por alguns cientistas russos a temperaturas mais quentes do solo, causando a explosão espontânea de bolsões subterrâneos de gás.

O permafrost é definido como a terra que ficou congelada continuamente por mais de dois anos.

É apenas uma hipótese para explicar a formação de crateras gigantes na paisagem ártica. Mas elas são um sinal inquietante de que essa paisagem fria e amplamente despovoada no norte do planeta está passando por mudanças radicais.

Pesquisas recentes também mostraram que o Ártico está se aquecendo ainda mais velozmente do que se pensava – quatro vezes mais rápido que o resto do mundo.

Cientistas acreditam que temperaturas mais quentes do solo fizeram com que bolsões subterrâneos de gás explodissem espontaneamente sob o permafrost — Foto: GETTY IMAGES

Répteis que mudam de sexo

Embora possamos estar causando o aquecimento global, não somos a única espécie que sente seus efeitos. Algumas criaturas são afetadas de maneiras realmente surpreendentes.

Em alguns répteis, o sexo da prole é parcialmente determinado pela temperatura na qual os ovos são incubados.

Dragões-barbudos – uma espécie de lagarto encontrada na Austrália – mudam de macho para fêmea quando são incubados a uma certa temperatura.

Assim, os cientistas estão preocupados que os machos possam se tornar cada vez mais raros à medida que o mundo aquece – colocando a espécie em risco de extinção.

No oceano, os níveis crescentes de dióxido de carbono do gás de efeito estufa podem estar fazendo com que os peixes percam o olfato.

Filhotes de chapim na palma da mão de um cientista — Foto: BBC

A mudança climática também está atrapalhando de forma sensível a sincronia sazonal. Em abril, em Wytham Wood, a floresta mais cientificamente estudada do Reino Unido, filhotes de chapim, um pequeno pássaro, emergiram de seus ovos até três semanas antes do que teriam feito na década de 1940.

Toda a cadeia alimentar na primavera mudou com o aquecimento. As lagartas que os pássaros comem, as folhas de carvalho que as lagartas comem – todas atingem seu pico semanas mais cedo do que antes.

Enquanto as estações mudam, muitos pássaros estão se ajustando – ou apenas se mudando para outros lugares. Este ano, filhotes de abelharucos foram vistos em uma pedreira de Norfolk – eles geralmente são encontrados no sul do Mediterrâneo e no norte da África.

Mostarda em falta

No verão, os supermercados na França começaram a ficar sem mostarda dijon — Foto: ALAMY
No verão, os supermercados na França começaram a ficar sem mostarda dijon — Foto: ALAMY

O clima extremo também está dificultando o cultivo de alimentos. Alimentos básicos como trigo, milho e café já estão sendo afetados. E, neste ano, houve uma notável escassez de condimentos.

Em abril, a Huy Fong Foods, uma empresa com sede na Califórnia que produz cerca de 20 milhões de garrafas de molho de pimenta todos os anos, enviou uma carta aos clientes alertando sobre uma “grave escassez” do produto.

No verão, os supermercados na França começaram a ficar sem mostarda dijon – um problema que pode ser atribuído ao mau tempo nas pradarias canadenses, onde a maioria das sementes de mostarda do mundo é cultivada.

E as mudanças climáticas estão até mesmo dificultando os esforços para reduzir as emissões de carbono. Em agosto, a empresa de energia EDF teve que reduzir a produção de usinas nucleares na França, porque não havia água fria suficiente nos rios franceses.

A reação – que está sendo discutida por 200 países na cúpula climática da Organização das Nações Unidas agora – é um corte dramático nos gases que aquecem o planeta.

Mas já transformamos nosso mundo aquecendo-o – e provavelmente haverá muitas outras consequências inesperadas e surpreendentes.

Fonte: G1

Curadoria: Boi a Pasto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar atualizado.

POST RECENTES

A tecnologia contra o desperdício de alimento

Em 27 de março, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) divulgou um dado alarmante:  mais de 1 bilhão de refeições foram desperdiçadas por dia, em 2022, em todo o mundo. Isso ocorre enquanto 783 milhões de pessoas passam fome e um terço da população mundial enfrenta algum tipo de insegurança alimentar, de acordo com o Relatório do Índice de Desperdício de Alimentos 2024. O impacto ambiental também impressiona, pois o desperdício de alimentos é responsável por emissões de gases de efeito estufa cinco vezes maiores do que as do setor de aviação.

Leia Mais »

USP e Embrapa oficializam parceria para pesquisas em rastreabilidade

Pesquisas voltadas à sustentabilidade da agricultura estão no foco de um novo acordo assinado no último dia 11 entre a Embrapa e a Universidade de São Paulo (USP). O protocolo de intenções acordado abrange o uso compartilhado do Centro de Agricultura Tropical Sustentável (STAC) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP.

Assinado durante o Fórum de Agricultura Tropical Sustentável, realizado na capital paulista, na USP, o documento tem como objeto trabalhos de desenvolvimento de métricas e selos de sustentabilidade ligados às práticas ESG, sigla em inglês para definir a abordagem de governança ambiental, social e corporativa.

Leia Mais »
betmatikbetinetumbet girişhacklinkslot sitelericanlı casino sitelericasino sitelerislot siteleribahis siteleribig bass bonanzabaywinİnterbahisbelugabahismadridbetcasibomSweet bonanza demograndpashabetCasinoslotgates of olympus oynaSweet bonanza demosugar rush oynaCasinoslotBahisnowcasibombetsatbets10holiganbetbaywinMaltcasinohacklinkmatadorbetbayan escortTürkiye Escort Bayanbuca escortKlasoyun TwitterKlasoyun Giriş TwitterUltrabet TwitterikimisliBetsoo Giriş Twittervbetdeneme bonusu veren siteler1xbetbycasinomarsbahisikimisli girişen güvenilir slot sitelerideneme bonusu veren sitelerfethiye escortbornova escortmarsbahiscasibombetkom girişDeneme Bonusu Veren Sitelercasibomcasibom girişŞişli escortizmir escortDenizli escortMalatya Escortcasibomşanlıurfa escortHacklinkBeşiktaş escortAtaşehir escortBeylikdüzü escortkadıköy escortcialisViagraBahis siteleriBeylikdüzü escortmasözmasözantalya escortcasibombetturkeyfixbetdeneme bonusu veren sitelerdeneme bonusu veren sitelercasibom