eskişehir televizyon tamirDiş eti ağrısıAntika mobilya alanlarwordpress en iyi seo eklentilerihttps://www.orneknakliyat.comantika alanlarantalya haberEtimesgut evden eve nakliyathayır lokmasıİstanbul İzmir eşya taşımaİstanbul izmir evden eve nakliyatpendik evden eve nakliyatresim yüklemebeykoz evden eve nakliyatdarıca evden eve nakliyateskişehir protez saçavcılar lokmacıankara ofis taşımacılıgıankara parca esya tasımaeskişehir uydu servisituzla evden eve nakliyatalanya escortAnkara implant fiyatlarıodunpazarı emlakbatman evden eve nakliyatql36mersin evden eve nakliyatığdır evden eve nakliyatql36 satın aliptviptv testpenis büyütücü hapvalizankara gelinlik modelleriweb sitesi yapımıeskişehir televizyon tamirDiş eti ağrısıAntika mobilya alanlarwordpress en iyi seo eklentilerihttps://www.orneknakliyat.comantika alanlarantalya haberEtimesgut evden eve nakliyathayır lokmasıİstanbul İzmir eşya taşımaİstanbul izmir evden eve nakliyatpendik evden eve nakliyatresim yüklemebeykoz evden eve nakliyatdarıca evden eve nakliyateskişehir protez saçavcılar lokmacıankara ofis taşımacılıgıankara parca esya tasımaeskişehir uydu servisituzla evden eve nakliyatalanya escortAnkara implant fiyatlarıodunpazarı emlakbatman evden eve nakliyatql36mersin evden eve nakliyatığdır evden eve nakliyatql36 satın aliptviptv testpenis büyütücü hapvalizankara gelinlik modelleriweb sitesi yapımıSütunlar güncellendi.

dezembro 1, 2023

Por que realizar exame andrológico?

A importância do exame andrológico está no impacto direto que os reprodutores têm sobre a fertilidade do rebanho.

Alessandra Corallo Nicacio*

Um touro infértil pode representar a perda de 25 a 50 bezerros, conforme a relação touro:vaca utilizada. Já uma vaca infértil representa a perda de um bezerro, apenas. Sabe-se hoje que, em torno de 5% dos touros em serviço são animais inférteis, ou seja, que não produzirão filhos. E, pior ainda, entre 20 e 40% dos touros em serviço são subférteis, isto é, produzem menos filhos do que deveriam. Identificar o animal infértil é relativamente mais simples, pois é possível verificar que aquele animal não emprenhou nenhuma vaca na estação de monta.

Mas como identificar o animal subfértil? Afinal, existem filhos desse touro que provam sua fertilidade. Somente o exame andrológico pode solucionar essa dúvida. Portanto, antes de iniciar a estação de monta deve-se realizar exame andrológico em todos os reprodutores.

O exame andrológico é um exame altamente específico, pois avalia tanto as condições clínicas gerais quanto as condições reprodutivas e deve ser realizado por médico veterinário. Pode ser dividido em duas etapas: exame clínico geral e exame específico. No exame clínico geral, avaliam-se as condições gerais de saúde, questiona-se o histórico do animal e os motivos pelo qual o exame está sendo realizado (exame de rotina ou existência de alguma queixa). No exame específico, avaliam-se os órgãos reprodutivos como testículos e epidídimos (inseridos na bolsa escrotal), glândulas anexas (por palpação retal), pênis e prepúcio.

Em relação especificamente aos testículos e epidídimos deve-se prestar atenção à simetria, temperatura, sensibilidade dolorosa, lesões e cicatrizes, além das biometrias testiculares, isto é medidas de altura, largura, comprimento e perímetro (ou circunferência) escrotal. A seguir realiza-se a colheita de sêmen, geralmente por eletroejaculação, pois é uma técnica que não exige condicionamento prévio do animal para sua execução.

Após a colheita, o sêmen deve ser avaliado imediatamente para saber se existem espermatozoides vivos e, posteriormente, para verificar a concentração da amostra e a porcentagem de espermatozoides normais. De posse de todos os resultados o médico veterinário pode emitir o laudo indicando se o animal está apto, apto com reservas ou não à reprodução.

É importante dizer que o exame andrológico avalia o animal naquele momento e, portanto, tem validade de 30 dias. Laudos emitidos há mais tempo devem ser repetidos, principalmente se o intuito for comercializar o animal. Não se recomenda a aquisição de touros sem laudo recente, pois não existem garantias do potencial reprodutivo do animal, de modo que o investimento pode te tornar um grande prejuízo.

*Alessandra Corallo Nicacio é Pesquisadora de Reprodução Animal da Embrapa Gado de Corte.

alessandra.nicacio@embrapa.br

Fonte: Embrapa Gado de Corte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar atualizado.

POST RECENTES

Lula: em dez anos, Brasil será a Arábia Saudita da energia renovável

Um casamento entre desenvolvimento social, redução de desigualdades, geração de empregos e transição energética. Uma proposta de parcerias privadas e de Estado para oferecer ao mundo uma matriz mais limpa, renovável e conectada aos desafios atuais. Uma provocação para que empresários árabes e brasileiros sejam mais ousados para construir um novo capítulo da relação bilateral. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerrou nesta quarta-feira (29/11), na Arábia Saudita, uma mesa redonda voltada a empresários e representantes de governo dos dois países com essas mensagens.

Leia Mais »

Brasil vai à COP28 para cobrar, e não para ser cobrado,diz Marina Silva

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, afirmou nesta segunda-feira (27) que o Brasil vai à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-28) para cobrar, e não para ser cobrado. A ministra participou nesta manhã de uma reunião da CPI das ONGs, instalada no Senado Federal. A COP será realizada em Dubai, nos Emirados Árabes, entre 30 de novembro e 12 de dezembro.”Estamos indo para COP não é para ser cobrados, nem sermos subservientes, é mas para altivamente cobrarmos que medidas sejam tomadas, porque é isso o que o Brasil tem feito”, afirmou a ministra.

Leia Mais »

Como as altas temperaturas afetam a bovinocultura leiteira?

Entenda como diminuir a temperatura que afeta o manejo da bovinocultura de leite com redução da produção em até 20%. Existem vários métodos que podem ser implementados em todos os tamanhos e tipos de propriedades rurais. Entre as indicações de promoção do bem-estar animal está a adequação da temperatura dos bovinos. As mudanças climáticas afetam muito a reprodução, principalmente, a fertilidade das vacas.

Leia Mais »
hacklinkporno izleankara escortizmir escortankara escortankara escortkayseri escortçankaya escortkızılay escortdemetevler escorteryaman escortbig bass bonanzaSweet bonanza demoCasinoslotgates of olympus oynaSweet bonanza demosugar rush oynaCasinoslotBahisnowdeneme bonusu veren sitelercasino siteleriİzmir EscortBursa Escortbalıkesir escortbayan escortTürkiye Escort BayanBursa Escortbuca escorthacklinkporno izleankara escortizmir escortankara escortankara escortkayseri escortçankaya escortkızılay escortdemetevler escorteryaman escortbig bass bonanzaSweet bonanza demoCasinoslotgates of olympus oynaSweet bonanza demosugar rush oynaCasinoslotBahisnowdeneme bonusu veren sitelercasino siteleriİzmir EscortBursa Escortbalıkesir escortbayan escortTürkiye Escort BayanBursa Escortbuca escortSütunlar güncellendi.