eskişehir televizyon tamirDiş eti ağrısıAntika mobilya alanlarwordpress en iyi seo eklentilerihttps://www.orneknakliyat.comantika alanlarEtimesgut evden eve nakliyathayır lokmasıpendik evden eve nakliyatbeykoz evden eve nakliyatdarıca evden eve nakliyateskişehir protez saçavcılar lokmacıankara ofis taşımacılıgıankara parca esya tasımatuzla evden eve nakliyatAnkara implant fiyatlarıodunpazarı emlakmersin evden eve nakliyatığdır evden eve nakliyatvalizweb sitesi yapımıçekici ankaraAntika alan yerlerEtimesgut evden eve nakliyateskişehir web sitesiMedyumMedyumlarEtimesgut evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatantika alanlarmamak evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatçankaya evden eve nakliyatistanbul saç ekimiEtimesgut evden eve nakliyatniğde evden eve nakliyateskişehir emlakgoogle ads çalışmasıtuzla evden eve nakliyateskişehir uydu tamirtomi club maldivespoodleeryaman evden eve nakliyatpoodlepomeraniandextools trendingdextools trending botfront run botdextools trending costdextools trending servicepancakeswap botdextools botdextools trending algorithmcoinmarketcap trending botpinksale trending botcoinmarketcap trendingfront running botpancakeswap sniper botuniswap botuniswap sniper botmev botpinksale trending botprediction botGaziantep uygun evden eve taşımaköpek ilanlarıMedyumeskişehir evden eve nakliyatantika alanlarmersin evden eve nakliyatcasibomseo çalışmasıistanbul hayır lokmasıgoogle adsbeykoz evden eve nakliyatbetturkeyUc Satın aloto çekicipoodle

maio 19, 2024

Produção agropecuária: conheça a potência do agronegócio


Você sabe qual é a participação da produção agropecuária no PIB brasileiro? Conhece os produtos mais importantes produzidos pela atividade agrícola e pecuária do Brasil?

Neste artigo, você vai entender o que é produção agropecuária e terá contato com dados econômicos relevantes para a compreensão do setor.

Veremos o papel da tecnologia e do crédito para o desenvolvimento da agropecuária nacional, além de informações sobre o segmento de insumos agrícolas.

O que é produção agropecuária?

Trata-se da soma da produção agrícola e pecuária de uma região em determinado período.

A agropecuária abrange a produção de bens através do cultivo da terra (agricultura) e da atividade de criação de animais (pecuária).

Os bens produzidos podem ser destinados para comercialização, consumo próprio ou utilizados como matéria-prima na indústria, a exemplo da produção de energia e celulose.

Os fatores de produção são divididos em terra, trabalho e capital. O fator terra abrange as áreas agricultáveis e os recursos naturais, como água e florestas.

O fator trabalho compreende as horas trabalhadas, além das técnicas e dos conhecimentos mobilizados pelos trabalhadores no processo produtivo.

O fator capital engloba a tecnologia e os recursos financeiros empregados na produção.

A agropecuária é um dos setores mais competitivos da economia brasileira, sendo responsável pelo abastecimento interno e por números expressivos nas exportações. 

O aumento da produtividade é considerado um fator primordial para o desenvolvimento do setor agropecuário brasileiro.

A produção agropecuária brasileira em números

Segundo estimativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em 2022, a participação do agronegócio no PIB brasileiro será de 26,24%.

Ainda de acordo com a CNA, o PIB do agronegócio experimentou uma queda de 0,8% no primeiro trimestre de 2022.

A instituição ressalta que essa queda é verificada em relação aos recordes obtidos em 2020 e 2021.

A razão para esse recuo é atribuída à alta dos custos com insumos nos setores agropecuário e agroindustrial.

Produção agrícola

Segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), podemos apontar os 10 principais produtos agrícolas brasileiros.

São eles: soja (351,99 bi); milho (163,84 bi); cana-de-açúcar (118,90 bi); café (66,78 bi); algodão (42,07 bi); laranja (19,17 bi); tomate (17,82 bi); arroz (16,65 bi); feijão (15,68 bi) e banana (15,60 bi).

Esses valores expressam o Valor Bruto da Produção (VBP) em bilhões e foram calculados em abril de 2022 com base nos quatro trimestres anteriores.

Apresentamos a seguir as estimativas de faturamento e produção anual dos cinco principais produtos agrícolas brasileiros.

As informações foram extraídas da publicação “PIB do agronegócio”, de junho de 2022, elaborada por meio de parceria entre Cepea e CNA.

  1. Soja: espera-se uma queda no faturamento de 3,67% resultante de uma produção 10,37% menor. Os preços reais tiveram alta de 7,47%.
  2. Milho: é esperada uma expansão de 41,83% do faturamento em razão da alta de preços reais em 7,80%. A produção anual deve ter um crescimento de 31,56%.
  3. Cana-de-açúcar: espera-se um crescimento do faturamento de 49,23% com alta dos preços reais em 46,51%. Há ligeiro aumento na produção esperada (1,86%).
  4. Café: é esperado um aumento do faturamento em 115,67%, impulsionado por uma alta dos preços reais de 92,61%. Espera-se uma produção anual 11,97% maior.
  5. Algodão: o crescimento do faturamento anual deve ser de 64,68%, sendo reflexo da alta dos preços reais de 37,84%. Espera-se que a produção anual seja 19,47% superior.
  6. Os dados referentes aos preços reais baseiam-se na comparação entre janeiro e março de 2022 em relação ao mesmo período do ano passado.

Produção pecuária


De acordo com dados do Mapa, há cinco produtos que se destacam na produção pecuária nacional.

São eles: bovinos (152,21 bi); frango ( 102,00 bi); leite (53,65 bi); suínos ( 28,74 bi) e ovos (19,09 bi), conforme Valor Bruto da Produção (VBP) em bilhões.

Esses dados foram calculados em abril de 2022, levando-se em consideração os quatro trimestres anteriores.

Segmento de insumos: dados sobre produção agropecuária anual e PIB.

Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o PIB do segmento de insumos cresceu 9,61% no primeiro trimestre de 2022, considerando-se dados reunidos até março deste ano.

Observe-se que o PIB do ramo de insumos agrícolas cresceu 13,77%, enquanto o ramo de insumos pecuários experimentou um recuo de 2,53%.

A CNA aponta uma restrição da oferta mundial de defensivos, bem como de matéria-prima para sua fabricação, devido à existência de gargalos logísticos.

Esse contexto gerou uma alta nos preços de defensivos agrícolas.

Apesar disso, espera-se um crescimento da área tratada em 2022, segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg).

A razão para isso é o aumento da área cultivada no Brasil, além da proliferação de pragas, doenças e plantas daninhas tidas como de difícil controle.

A indústria de fertilizantes e corretivos do solo sofreu uma alta de preços devido ao aumento do gás natural e a obstáculos nas transações de produtos com a Rússia.

Considera-se que a indústria de máquinas agrícolas tem sustentado um bom desempenho, apesar de gargalos envolvendo a aquisição de peças e componentes.

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o saldo positivo do setor explica-se pelo crescimento da renda no campo e pelo desenvolvimento da agricultura.

Espera-se uma queda no faturamento anual da indústria de rações, assim como uma desvalorização dos preços reais em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Confira a seguir uma sistematização dos dados reunidos até março de 2022 para o segmento de insumos, conforme CNA/Cepea:

  • Fertilizantes e corretivos do solo: espera-se um crescimento de 84,78% do faturamento anual. Os preços sofreram um aumento de 107,64%. Quanto à produção anual, estima-se uma redução de 11,01%.
  • Defensivos: o faturamento anual deve crescer em 50,77% como resultado do avanço dos preços reais em 20,81%. A produção anual deve aumentar 24,80%.
  • Máquinas agrícolas: projeta-se um crescimento de 39,45% do faturamento anual e uma alta dos preços reais de 21,05%. A produção anual deve crescer 15,20%.
  • Indústria de rações: espera-se uma queda no faturamento anual de 11,17% e a desvalorização dos preços reais em 14,83%. A produção anual deve crescer 4,3%.
  • Os comparativos de preços reais são referentes ao primeiro trimestre de 2021.

Entendendo o crescimento da produção agropecuária brasileira

Segundo publicação do Ipea, a produção nacional cresceu cerca de 400% no período de 1975 a 2020.

De acordo com a instituição, o progresso do setor foi conquistado graças à aposta em ciência e à criação de políticas públicas que fomentaram o investimento na agropecuária.

A tecnologia é apontada como o principal fator para o crescimento do valor bruto da produção.

Segundo o Ipea, para um crescimento de 100% do VBP, a participação da tecnologia teve um aumento de 50% para 60% no período de 1995 a 2017.

Enquanto isso, a participação do fator trabalho passou de 31% para 20% e o fator terra manteve-se estável em 20%.

O ganho de produtividade do fator trabalho está ligado à qualificação profissional e à adoção de equipamentos mais modernos.

Já a produtividade da terra foi beneficiada pela pesquisa biotecnológica e pela criação de novos sistemas de produção como o plantio direto e os sistemas integrados, que reúnem lavoura, pecuária e floresta.

Os ganhos em produtividade beneficiaram amplos setores da população ao viabilizarem a redução dos preços da cesta básica em 23%, no período de 1970 a 2009.

Nos últimos anos, a produtividade tem sido afetada por variações climáticas como a incidência de secas e geadas.

Tais fenômenos impactaram lavouras importantes como a soja, que sofreu uma redução de sua safra.

Segundo o Ipea, a expansão da produção em direção à região do Cerrado suscita questões sobre a infraestrutura logística brasileira.

É necessário prevenir possíveis perdas causadas por um escoamento ineficiente da produção através de um investimento em armazenamento e distribuição.

Outro elemento que se demonstrou importante para o avanço da produtividade agrícola brasileira foi o crédito, conforme abordaremos no tópico a seguir.

A importância do crédito para o crescimento da produção agropecuária

O crédito, aliado ao investimento em novas tecnologias, é essencial para o crescimento da produtividade no setor agropecuário. 

Por meio do financiamento, é possível melhorar a infraestrutura da fazenda, renovar máquinas e equipamentos e contratar profissionais especializados.

O acesso a conhecimento especializado permite a atualização das técnicas utilizadas, bem como a implantação de métodos modernos de cultivo.

Tudo isso possibilita o aumento da produção, a expansão dos negócios e a melhora da renda e da qualidade de vida dos produtores rurais.

Para os distribuidores de insumos, a antecipação de recebíveis é uma alternativa para que esse profissional saia do risco de crédito e aumente seu fluxo de caixa.

Com a TerraMagna, o distribuidor pode vender suas CPRs, duplicatas, notas promissórias e outros títulos do agro para investidores do mercado de capitais.

Dessa forma, o distribuidor pode receber os valores à vista de maneira simples e desburocratizada.

Fonte: Terra  Magna

Curadoria: Boi a Pasto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar atualizado.

POST RECENTES

A tecnologia contra o desperdício de alimento

Em 27 de março, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) divulgou um dado alarmante:  mais de 1 bilhão de refeições foram desperdiçadas por dia, em 2022, em todo o mundo. Isso ocorre enquanto 783 milhões de pessoas passam fome e um terço da população mundial enfrenta algum tipo de insegurança alimentar, de acordo com o Relatório do Índice de Desperdício de Alimentos 2024. O impacto ambiental também impressiona, pois o desperdício de alimentos é responsável por emissões de gases de efeito estufa cinco vezes maiores do que as do setor de aviação.

Leia Mais »

USP e Embrapa oficializam parceria para pesquisas em rastreabilidade

Pesquisas voltadas à sustentabilidade da agricultura estão no foco de um novo acordo assinado no último dia 11 entre a Embrapa e a Universidade de São Paulo (USP). O protocolo de intenções acordado abrange o uso compartilhado do Centro de Agricultura Tropical Sustentável (STAC) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP.

Assinado durante o Fórum de Agricultura Tropical Sustentável, realizado na capital paulista, na USP, o documento tem como objeto trabalhos de desenvolvimento de métricas e selos de sustentabilidade ligados às práticas ESG, sigla em inglês para definir a abordagem de governança ambiental, social e corporativa.

Leia Mais »
hacklinkbig bass bonanzaSweet bonanza demoCasinoslotgates of olympus oynaSweet bonanza demosugar rush oynaCasinoslotBahisnowbayan escortTürkiye Escort Bayanbuca escortKlasoyun TwitterKlasoyun Giriş TwitterUltrabet TwitterBetsoo Giriş Twitterfethiye escortbornova escortmarsbahisDeneme Bonusu Veren Sitelercasibom girişŞişli escortizmir escortDenizli escortMalatya Escortşanlıurfa escortHacklinkBeşiktaş escortAtaşehir escortBeylikdüzü escortkadıköy escortcialisViagraBahis siteleriBeylikdüzü escortmasözmasözantalya escortcasibombetturkeyfixbetdeneme bonusu veren sitelerdeneme bonusu veren sitelercasibombets10jojobet girişpusulabetbaywinGrandpashabetcasibom girişholiganbet girişbettiltcasibom girişslot sitelerisekabetbetmatikbetkanyonsekabetholiganbetbetmatikcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomhitbetsahabetsahabetbettiltvdcasinoilbetcratosroyalbettümbetbaywinslot sitelericanlı casino sitelericasino sitelerislot siteleribahis siteleribaywinİnterbahisbelugabahismadridbetcasibomcasibombetkom girişcasibomcasibommarsbahiscasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomBetoffice girişPusulabetBelge istemeyen bahis sitelerisahabet1xbetbahiscombycasinoikimisliorisbetkaçak maç izlecasibom girişcasibom girişcasibom girişcasibom giriş twittercasibom girişcasibom girişcasibom