eskişehir televizyon tamirDiş eti ağrısıAntika mobilya alanlarwordpress en iyi seo eklentilerihttps://www.orneknakliyat.comantika alanlarEtimesgut evden eve nakliyathayır lokmasıpendik evden eve nakliyatbeykoz evden eve nakliyatdarıca evden eve nakliyateskişehir protez saçankara parca esya tasımatuzla evden eve nakliyatAnkara implant fiyatlarıodunpazarı emlakmersin evden eve nakliyatığdır evden eve nakliyatvalizweb sitesi yapımıçekici ankaraAntika alan yerlerEtimesgut evden eve nakliyateskişehir web sitesiMedyumMedyumlarEtimesgut evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatantika alanlarmamak evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatankara evden eve nakliyatçankaya evden eve nakliyatistanbul saç ekimiEtimesgut evden eve nakliyatniğde evden eve nakliyateskişehir emlakgoogle ads çalışmasıtuzla evden eve nakliyateskişehir uydu tamirtomi club maldivespoodleeryaman evden eve nakliyatpoodlepomeraniandextools trendingdextools trending botfront run botdextools trending costdextools trending servicepancakeswap botdextools botdextools trending algorithmcoinmarketcap trending botpinksale trending botcoinmarketcap trendingfront running botpancakeswap sniper botuniswap botuniswap sniper botmev botpinksale trending botprediction botGaziantep uygun evden eve taşımaköpek ilanlarıMedyumeskişehir evden eve nakliyatantika alanlarmersin evden eve nakliyatseo çalışmasıistanbul hayır lokmasıgoogle adsbeykoz evden eve nakliyatUc Satın aloto çekicipoodlefree hacks

maio 24, 2024

Solução para fertilizante sustentável e disponível no Brasil

A tensão se avolumava desde novembro de 2021. Há quem diga que desde 2014 um possível conflito entre Rússia e Ucrânia era posto como algo que se aproximaria a uma terceira guerra mundial.

No dia 24 de fevereiro, contudo, enquanto muitos acreditavam que o diálogo entre as potências seria o suficiente para evitar o embate, a invasão aconteceu.

“A suspensão das entregas do fertilizante cloreto de potássio, originário da Rússia, comprometerá nossa produção e produtividade agrícola”, disse a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) após suspensão ordenada pelo Kremlin. Atualmente, o Brasil importa mais de 90% do potássio que consome, e cerca de 30% vêm da Rússia.

Além da plantação de commodities destinadas à exportação, os alimentos para consumo interno também serão afetados. A subida de preços, que já vinha ocorrendo ao longo da pandemia, deve se intensificar. Tudo ficará, mais uma vez, mais caro.

Porém, a solução para o agronegócio driblar a queda na importação de fertilizantes pode estar dentro do próprio Brasil. Nesta reportagem, Ecoa conta sobre uma solução mais barata, mais sustentável e nacional.

O pó que vem das rochas

“São materiais já disponíveis, são eficientes, não trazem problemas ambientais como contaminação do solo e da água e ainda podem sequestrar CO2 e armazená-lo”. É assim que Suzi Huff Theodoro, geóloga e professora da Universidade de Brasília, define o pó de rocha.

Como o próprio nome já diz, o pó de rocha é um composto de rochas moídas que, quando acrescentadas ao solo, funciona como fertilizante, ou seja, oferece nutrição às plantações. O comércio desses remineralizadores, como também são conhecidos, foi viabilizado pela lei nº 12.890, de 10 de dezembro de 2013.

“Como a rocha é um bem natural, ela precisa passar por um processo de extração, e não é qualquer rocha que pode ser utilizada. Ela precisa ser rica em uma série de nutrientes”, explica a geóloga. “Assim, os remineralizadores atendem do agronegócio à agricultura familiar porque os preços são mais acessíveis e porque é mais fácil de extrair”, completa.

A pesquisadora diz que pequenas e médias empresas de mineração que já exploram rochas que servem como remineralizadores de solo podem atuar no ramo, basta obter registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Isso impediria, por exemplo, o risco ambiental de novas extrações de rocha.

“A ideia de juntar o setor mineral ao setor agrícola é uma excelente saída. Enquanto que, para o setor mineral, esses materiais representam um problema ambiental em seu armazenamento, eles podem servir de insumos para a agricultura. O problema de um vira solução do outro.” Suzi Huff Theodoro, geóloga e professora da Universidade de Brasília.

Benefícios do pó de rocha
1. Preço
Os custos de aquisição são muito menores e seu efeito pode se estender por até quatro ou cinco anos consecutivos;

2. Fertilidade
Os níveis de fertilidade nos solos são crescentes após a aplicação

3. Rendimento
A produtividade mostra-se equivalente ou superior às obtidas pela fertilização convencional (em alguns casos, o rendimento pode ser até 30% superior);

4. Crescimento
As raízes das plantas são mais desenvolvidas do que nas plantas que recebem a adubação química;

5. Água
O teor de umidade é maior nas áreas onde se aplicam os remineralizadores, mostrando que os mesmos possuem grande capacidade de retenção de água;

6. Exuberância
As plantas apresentam maior quantidade de massa verde e são mais exuberantes;

7. Produção
Há aceleração do ciclo produtivo da planta em alguns casos;

8. Meio ambiente
Não ocorre contaminação ou eutrofização (poluição devido ao excesso de algas que deixa a água turva e provoca morte de animais) dos recursos hídricos;

9. Orgânico
Atende aos padrões de garantias exigidos de insumos utilizados pela agricultura orgânica.

Para que serve esse tal potássio?
O dado de que o Brasil é o quarto maior importador de NPK do mundo pode não significar muita coisa para boa parte dos brasileiros. Afinal, como isso afeta a vida de quem vê o pãozinho na padaria cada vez mais caro? Pois as duas coisas – a alta nos preços de produtos agrícolas e importação de NPK — tem tudo a ver.

A sigla que mais parece o nome de um braço da S.H.I.E.L.D., agência governamental fictícia do universo Marvel, faz referência ao trio de macronutrientes nitrogênio-fósforo-potássio. Esses compostos são bastante usados na agricultura para a nutrição do solo num processo chamado fertilização química. E é para essa mistura que o Brasil precisa de potássio.

A produção desse macronutriente no país se restringe a uma só mina localizada em Sergipe. Com a vida útil já chegando ao fim, a mina abastece apenas 4% da demanda nacional. Os outros 96% são importados.

“Para esse modelo de agricultura que temos no Brasil envolvendo a produção de commodities para exportação, o potássio é muito importante, já que esses produtos demandam uma ‘recarga’ do solo”, explica a geóloga Suzi Huff Theodoro. O país é campeão em produção e exportação de soja, por exemplo, uma commodity, ou seja, um produto básico não industrializado.

“Nos acostumamos a escutar que os solos tropicais, que representam grande parte do nosso país, são solos pobres. Mas que pobreza é essa? Se você considerar o plantio da soja, o solo é pobre, mas, por outro lado, a gente sustenta a floresta mais exuberante do planeta, o que mostra que o nosso solo também é rico”, comenta Theodoro.

Estamos todos conectados
Se tudo posto até agora já não fosse complexo o suficiente, as sanções econômicas impostas à Rússia após a invasão da Ucrânia também atingiram o Brasil, mesmo o país estando fisicamente distante do conflito.

“A decisão das maiores empresas mundiais de logística marítima de suspenderem suas operações de transporte de mercadorias, de e para a Rússia, deverá ampliar as dificuldades que o comércio exterior brasileiro terá até que a guerra contra a Ucrânia seja superada”, explica a nota da Associação Brasileira do Agronegócio.

O grupo alerta: “isso trará sérias consequências à produção e custo dos alimentos, tanto para atender a demanda do mercado interno quanto às nossas notáveis exportações de commodities agrícolas”. Tudo isso fora o comando de suspensão de exportação de potássio.

Uma das justificativas dadas pelo governo para Jair Bolsonaro visitar a Rússia tão perto do conflito estourar foi uma negociação que garantiria a exportação de fertilizantes ao Brasil. Antes do presidente desembarcar em Moscou em 15 de fevereiro, o governo brasileiro anunciou a venda de uma fábrica de fertilizantes da Petrobrás à Rússia.

“A venda de 3 plantas de produção de fertilizantes da estatal desde o Governo [de Michel> Temer aumentou a necessidade de importação destes produtos, expondo o Brasil a situações de vulnerabilidade externa”, criticou, em nota, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib).

Calma lá com essa lei
“Em 2016, como deputado, discursei sobre nossa dependência do potássio da Rússia. Nosso Projeto de Lei n° 191 de 2020, ‘permite a exploração de recursos minerais, hídricos e orgânicos em terras indígenas’. Uma vez aprovado, resolve-se um desses problemas”, escreveu em suas redes sociais o presidente Jair Bolsonaro (PL).

É assim que a Apib entrou na história. A articulação tem condenado, desde que foi proposta, a mineração em terras indígenas. Segundo a Constituição de 1988, tais atividades são proibidas com o intuito de assegurar a sobrevivência física e cultural desses povos. No último dia 3 de fevereiro, contudo, o governo pediu ao Congresso que votasse com urgência o PL 191.

Para o porta-voz do Greenpeace Brasil, Danicley de Aguiar, a tentativa de apressar a votação do PL utilizando-se do contexto de guerra demonstra desprezo do governo para com os direitos dos povos indígenas e incompetência para lidar com esse desafio.

“O governo mente ao sugerir que a aprovação do PL 191 seria capaz de resolver uma eventual crise de fornecimento de fertilizantes, omitindo que soluções para esse tipo de problema requerem planejamento de médio e longo prazos”, diz Aguiar.

A geóloga Suzi Huff Theodoro explica que, ainda que a aprovação do PL ocorra em tempo recorde, “de forma alguma esse potássio estaria disponível para uso em menos de três a cinco anos”. Entre os principais desafios estão a tecnologia para extração subterrânea de potássio e os custos envolvidos.

Mineração para quê?
Aumento do garimpo ilegal, contaminação de rios e solos, adensamento humano, proliferação de doenças, desmatamento, invasão de terras e conflitos são alguns dos problemas que já acontecem em terras indígenas, frutos da mineração no entorno dessas áreas. Para a Apib, a aprovação do PL 191 só expandiria esse cenário.

“O que é problemático no discurso de Bolsonaro é rifar os direitos territoriais dos Povos Indígenas do Brasil como forma de solucionar uma crise de preços causada por uma guerra na Europa”, diz a nota da Apib. Leia o pronunciamento completo aqui.

“As terras indígenas da Amazônia são as áreas com maior índice de conservação florestal. E o valor da floresta em pé é muito alto. Os regimes de chuva que alimentam o agronegócio são provenientes, em grande parte, dessa floresta”, diz Juliana de Paula Batista, advogada, assessora jurídica do Instituto Socioambiental

As secas e ondas de calor no Centro-Oeste fizeram com que houvesse uma perda de R$ 43 bilhões no setor agrícola brasileiro em 2022. Segundo a Associação Brasileira do Agronegócio, a agricultura só terá dificuldades aumentadas pela falta de potássio, pois o setor já vinha sofrendo com a estiagem e aumento da taxa do dólar. Entre agosto de 2020 e julho de 2021, o desmatamento na Amazônia brasileira aumentou quase 22%, marcando um recorde nos últimos 15 anos.

Fonte: UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar atualizado.

POST RECENTES

A tecnologia contra o desperdício de alimento

Em 27 de março, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) divulgou um dado alarmante:  mais de 1 bilhão de refeições foram desperdiçadas por dia, em 2022, em todo o mundo. Isso ocorre enquanto 783 milhões de pessoas passam fome e um terço da população mundial enfrenta algum tipo de insegurança alimentar, de acordo com o Relatório do Índice de Desperdício de Alimentos 2024. O impacto ambiental também impressiona, pois o desperdício de alimentos é responsável por emissões de gases de efeito estufa cinco vezes maiores do que as do setor de aviação.

Leia Mais »

USP e Embrapa oficializam parceria para pesquisas em rastreabilidade

Pesquisas voltadas à sustentabilidade da agricultura estão no foco de um novo acordo assinado no último dia 11 entre a Embrapa e a Universidade de São Paulo (USP). O protocolo de intenções acordado abrange o uso compartilhado do Centro de Agricultura Tropical Sustentável (STAC) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP.

Assinado durante o Fórum de Agricultura Tropical Sustentável, realizado na capital paulista, na USP, o documento tem como objeto trabalhos de desenvolvimento de métricas e selos de sustentabilidade ligados às práticas ESG, sigla em inglês para definir a abordagem de governança ambiental, social e corporativa.

Leia Mais »
hacklinkbig bass bonanzaSweet bonanza demoCasinoslotgates of olympus oynaSweet bonanza demosugar rush oynaCasinoslotBahisnowbayan escortTürkiye Escort Bayanbuca escortKlasoyun TwitterKlasoyun Giriş TwitterUltrabet TwitterBetsoo Giriş Twitterfethiye escortbornova escortmarsbahisDeneme Bonusu Veren Sitelercasibom girişŞişli escortizmir escortDenizli escortMalatya Escortşanlıurfa escortHacklinkBeşiktaş escortAtaşehir escortBeylikdüzü escortkadıköy escortcialisViagraBahis siteleriBeylikdüzü escortmasözmasözantalya escortcasibombetturkeyfixbetdeneme bonusu veren sitelerdeneme bonusu veren sitelercasibombets10jojobet girişpusulabetbaywinGrandpashabetcasibom girişholiganbet girişbettiltcasibom girişslot sitelerisekabetbetmatikbetkanyonsekabetholiganbetbetmatikcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomhitbetsahabetsahabetbettiltvdcasinoilbetcratosroyalbettümbetbaywinslot sitelericanlı casino sitelericasino sitelerislot siteleribahis siteleribaywinİnterbahisbelugabahismadridbetcasibomcasibomcasibomcasibommarsbahiscasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomcasibomBetoffice girişPusulabetBelge istemeyen bahis sitelerisahabet1xbetbahiscombycasinoikimisliorisbetkaçak maç izlecasibom girişcasibom girişcasibom girişcasibom giriş twittercasibom girişcasibom girişcasibomataşehir escortjojobetbetturkeybets10jojobet giriş